in ,

Nova temporada do The Voice Brasil estreia na terça-feira, (30) com novidades! Saiba o que vai rolar

8° temporada do programa The Voice Brasil estreia na terça-feira, (30) com Iza, Ivete Sangalo, Lulu Santos, Michel Teló, Tiago Leifert e Jeniffer Nascimento. Foto: Rede Globo

Falta menos de uma semana para a estreia da oitava temporada do programa “The Voice Brasil”, marcada para 30 de julho. Nos bastidores, Ivete Sangalo, Iza, Lulu Santos e Michel Teló já se preparam para viver as surpresas e emoções da fase de ‘Audições às cegas’.

“Estamos na oitava edição e a quantidade de artistas de alto nível que se apresenta no ‘The Voice’ é impressionante. Mas o que me toca e faz virar a cadeira sempre é a emoção e sempre vai ser”, adianta Michel Teló, que saiu vencedor das últimas quatro edições do reality e busca o pentacampeonato.

Ver essa foto no Instagram

Diversão e música! @iza @micheltelo @lulusantosoficial heheh @thevoicebrasil

Uma publicação compartilhada por Veveta (@ivetesangalo) em

Ivete Sangalo acompanha Teló ao eleger o item primordial para as vozes que tentam lugar no programa: “Tudo tem que ser feito na emoção. Música não é um cálculo. Quando ela toca a pessoa aquilo desmorona todo e qualquer planejamento”. Já Iza pondera que o nervosismo não pode ser maior do que a entrega do cantor à música. “É muito importante para mim que o cantor ou a cantora saibam canalizar a emoção porque é sobre isso que é a música. Você precisa canalizar o que a música está falando e passar isso para a plateia. Mas tem que ser bonito, não pode atrapalhar, virar nervosismo. Isso é um talento também”, explica a cantora.

Lulu Santos, único técnico que está na atração desde a estreia no Brasil, em 2012, vibra pelo início de mais uma temporada e, também, pela oportunidade de completar o que ele chama de “segundo mandato”. “No início, eu costumava pensar assim: eu vou fazer um ano ou dois desse programa. No meio, como é um jogo e você fica meio viciado, eu decidi: um ano ou dois é pouco, tenho que fazer pelo menos quatro, que é um mandato. Quando completei quatro anos de ‘The Voice Brasil’, pensei que quando o cara faz um bom governo ele é reeleito. E aí são dois mandatos. Eu já estou exatamente onde queria estar: completando o segundo mandato (risos)”, brinca o cantor, antes de entregar o que busca em um candidato: “originalidade e personalidade”.

Além da chegada de Iza ao time de técnicos e de Jeniffer Nascimento na cobertura dos bastidores do programa, fazendo uma dobradinha com Tiago Leifert, mudanças nas fases deixam a competição ainda mais dinâmica, imprevisível e musical este ano. O botão de bloqueio estará disponível desde as ‘Audições às cegas’; a ‘Rodada de fogo’, presente no início do ‘Voice’ no Brasil, volta nesta temporada; e novas possibilidades de formação de grupo permitem que os técnicos tenham a liberdade de dividir as vozes em trios ou quartetos nos ‘Shows ao vivo’.

Veja como será cada fase do The Voice Brasil 2019!

Audições às cegas – Na primeira fase, os candidatos se apresentam e são avaliados apenas pela voz. Os técnicos viram suas cadeiras e montam seus times: Time Ivete, Time Iza, Time Lulu e Time Teló. Se mais de um técnico virar, o participante é quem escolhe com quem quer trabalhar. No total, serão 64 vozes aprovadas, 16 em cada time. O temido – e divertido – botão de bloqueio está disponível durante toda esta fase. Com ele, os técnicos podem bloquear uns aos outros, dificultando ainda mais as escolhas do colega ao lado e impedindo que o talento opte por ingressar no time do rival. O técnico só saberá que está impedido de participar da disputa pela voz se virar sua cadeira.

Batalhas – Com as equipes formadas, os técnicos dividem seus times em duplas para duelar cantando a mesma música. Ao final da apresentação, ele decide qual dos dois candidatos permanece. Nesta etapa, os técnicos podem usar o famoso “Peguei” para resgatar os eliminados de cada performance. Com esse recurso, cada um poderá incluir até três novos participantes no seu time. O botão de bloqueio poderá ser usado também durante as ‘Batalhas’, tirando o time rival da disputa pelo candidato eliminado.

Rodada de fogo – A fase dá início aos shows ao vivo da temporada. Nela, os integrantes dos times se apresentam em duplas ou trios definidos pelos técnicos. Após a performance, cada técnico escolhe uma voz para deixar o programa.

Shows ao vivo – Nesta fase, os participantes de cada time são divididos em trios e quartetos definidos pelos técnicos e o público passa a ajudar na decisão final. Nas apresentações em trio, somente duas vozes seguem na competição: uma escolhida pelo técnico e outra salva pelo público por meio de votação no site do programa. Nas apresentações com quatro vozes, o técnico escolhe um participante para seguir no programa, o público salva uma voz por meio de votação e dois participantes são eliminados.

Semifinal – Dois candidatos de cada time se apresentam individualmente, mas apenas um segue para a grande final. Após o show, o público vota na sua voz predileta. Sem saber o resultado da votação, o técnico escolhe um dos participantes para receber uma pontuação bônus. O candidato que alcançar a maior pontuação, somando o voto do público e o bônus concedido pelo técnico, segue para a grande final representando o time.

Grande final – Na final, cabe ao público decidir quem será o campeão. O vencedor ganha um prêmio de R$ 500 mil e assina contrato a Universal Music.

Escrito por Helena Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ex-esposa de Elvis Presley fala sobre possibilidade de Lana Del Rey interpretá-la no cinema

RCA Records entra no filão do K-Pop e contrata boygroup ATEEZ