Normani faz homenagem no aniversário de 20 anos da morte de Aaliyah
Foto: JEFFREY MAYER / Toni Anne Barson (Getty Images)
in ,

Normani faz homenagem no aniversário de 20 anos da morte de Aaliyah

Aaliyah é a maior inspiração para a carreira de Normani.

Neste exato 25 de agosto no ano de 2001 aconteceria uma das tragédias mais devastadoras para o mundo da música internacional. Um trágico acidente aéreo provocou a morte da cantora e atriz Aaliyah, que era um dos maiores fenômenos da época. Até hoje, ela influencia muitos artistas, incluindo Normani. Por conta disso, ela fez um texto emocionante para a Vogue homenageando Aaliyah e todo o legado que ela deixou em sua vida.

homenagem
Foto: JEFFREY MAYER / Vogue

Leia Mais:

Leia o que Normani escreveu sobre Aaliyah

Normani afirma que sua conexão com Aaliyah aconteceu ainda quando era muito criança.

Aos quatro anos, lembro-me de estar no carro, com as janelas abertas, ouvindo o álbum ‘One In A Million’. Minha mãe colocou; Eu puxei todo o meu gosto musical dela. Nós ouvimos Tweet e Ashanti também, mas eu me conectei profundamente com Aaliyah em uma idade tão jovem, sem saber exatamente sobre o que estava cantando – não sei que dor ou experiência pensei ter tido naquela idade – mas foi uma conexão com a alma na música“, contou.

Ela elogia o quanto a cantora foi inovadora e corajosa:

Aaliyah foi contra a corrente. É por isso que ela se destacou, em uma categoria própria. É por isso que você pode ver que tantos artistas, décadas depois, ainda se inspiram nela, seja através da música, da moda ou do visual. Ela tinha tudo“, disse.

A autenticidade era impressionante. “Você não poderia compará-la a ninguém. Ela estava disposta a tentar de tudo e não se importava em ser diferente. Você tem que confiar em si mesmo para poder experimentar da maneira que ela, Missy Elliott e Timbaland fizeram, e é por isso que eles criaram discos que eram tão únicos. Essa energia é algo que não pode ser comprado; quando essa sinergia existe, ficamos com obras-primas atemporais. O DNA em seu trabalho viverá para sempre e continuará a inspirar as gerações vindouras“, afirma.

homenagem
Nome vestida de Akasha, um dos personagens de Aaliyah no cinema. Foto: Vogue

Hoje, ela lembra de Aaliyah como um exemplo para seguir sua própria carreira.

Essa experimentação me motiva. Tenho trabalhado em meu álbum nos últimos dois anos, que é muito, muito tempo, mas é o tempo que preciso provar que sou capaz de usar todos esses artifícios. Não sou apenas o rosto da música, sou a produtora, sou a escritora, sou a diretora criativa, sou a diretora do clipe. Por causa de ícones como Aaliyah, eu mergulho sabendo que não há resposta certa ou errada, é apenas sobre ser honesto e autêntico consigo mesmo. Isso me dá liberdade para ser criativo“, refletiu.

20 anos depois, Normani lamenta muito a perda de sua maior referência musical.

O mundo perdeu uma das maiores de todos os tempos. Sua presença especial brilha não apenas em sua música, mas também em suas entrevistas – seu espírito angelical. Ela era uma voz para muitos. E ela ainda não tinha terminado. Ela estava apenas começando. É uma pena que leve momentos como esse para perceber o alcance e o impacto que ela teve; quantas vidas ela tocou. Ela mudou a música para sempre. É tudo o que me esforço para fazer, do meu jeito. Ela é o projeto“, completou.

Escrito por Caian Nunes

Megan Thee Stallion lançará remix com BTS após briga com gravadora

ELLA Z e MC Rodrigão participam do "Mentoria" POPline desta quarta

ELLA Z e MC Rodrigão participam do “Mentoria” desta quarta