Foto: Joel Bernstein
in ,

“No Nukes”: Históricos shows de Bruce Springsteen ganham lançamento oficial

Famosas performances de The Boss em 1979 foram compiladas e remasterizadas e sairão em novembro

Bruce Springsteen abriu seu cofre de raridades. Duas apresentações beneficentes feitas com a E Street Band em auxílio à organização de energia anti-nuclear MUSE serão lançadas como um novo filme ao vivo. Trata-se dos históricos shows intitulados “No Nukes“, realizados nos dias 21 e 22 de setembro de 1979, no Madison Square Garden, em Nova York.

Bruce Springsteen nos históricos shows “No Nukes”, em 1979 (Foto: Lynn Goldsmith)

O show “No Nukes” representa a era de ouro para Bruce Springsteen e seus companheiros, e é nada menos do que “o maior documento desta era que jamais tivemos”, explica o gerente e produtor musical de longa data, Jon Landau. “É um show de rock puro do começo ao fim. O nível de energia é transcendental”.

Naquele momento, Springsteen estava divulgando seu quarto álbum de estúdio “Darkness on the Edge of Town” (1978), mas já preparava o que viria a ser o quinto trabalho “The River” (1980). Ambos os shows foram abertos com um trio de canções de “Darkness“, mas o setlist apresentava as então inéditas “Sherry Darling” e “The River” (esta última estreou ao vivo justamente nesses shows especiais), e que apareceriam em gravações de estúdio no ano seguinte.

O filme foi editado por Thom Zimny, colaborador de longa data de Springsteen, a partir da filmagem original de 16mm, junto com o áudio remixado por Bob Clearmountain. Zimny revirou os arquivos filmados e se deu conta de que aquelas eram as melhores performances da banda nos lendários anos 1970. “É a performance de ouro de Bruce e banda durante um de seus maiores períodos criativos”.

As apresentações foram compiladas como o filme-concerto “The Legendary 1979 No Nukes Concerts“, a ser lançado como download digital em 16 de novembro. Três dias depois é a vez de “No Nukes” ser disponibilizado em formatos físicos (CD/DVD, CD/blu-ray e vinil).

Sprinsteen retornou com sua residência solo na Broadway, no St. James Theatre, em Nova York. Mas confirmou que não fará turnê em 2021 devido à pandemia do coronavírus. Ele, no entanto, disse que espera reiniciar a turnê em 2022, com a E Street Band a reboque.

Escrito por Daiv Santos

Nirvana: “Nevermind” ganha relançamento em comemoração aos 30 anos do álbum

Ana Maria Braga se retrata após expressão racista no “Mais Você”; assista!