(Foto: Reprodução Internet)
in ,

Namorado de Billie Eilish se desculpa por posts ofensivos

Comentários racistas, homofóbicos e gordofóbicos de Matthew Tyler Vorce foram descobertos por um fã da cantora

Matthew Tyler Vorce, atual namorado de Billie Eilish, recorreu ao seu Instagram para pedir desculpas pelos comentários ofensivos publicados em suas redes sociais no passado. Os posts foram descobertos por um fã da cantora há poucos dias.

(Foto: Internet/Instagram @corduroygraham)

Matthew Tyler Vorce usou linguagens negativas e pejorativas ao falar sobre negros, asiáticos e gays. Ele também descreveu Adele como “Miss Piggy britânica” em 2012.

“Eu quero pedir desculpas por conta das coisas que eu escrevi nas redes socais no passado”, começou ele em um Instagram Stories postado na última quinta-feira (17).

“A linguagem que usei era danosa e irresponsável e eu entendo quão ofensiva estas palavras são. Independente de ser uma letra, uma resposta, ou somente eu sendo burro, isso não importa. Estou envergonhado e sinto muito realmente por ter usado em qualquer contexto. Não é assim que fui criado e não é o que eu acredito. Não deveria ter usado estas linguagem desde o começo e não vou voltar a usar. Eu sinto muito pelas pessoas pela dor que causei. Eu assumo toda a responsabilidade e continuarei sendo responsável por minhas ações”.

> Billie Eilish na Rolling Stone: “não posso dar aos fãs tudo o que querem”

O namoro de Billie Eilish, de 19 anos, e Matthew Tyler Vorce, de 29 anos, veio à tona depois que o site Page Six publicou fotos exclusivas do casal em Santa Bárbara, Califórnia. Eles também foram vistos recentemente em um passeio pelos parques da Disney na Flórida.

> Lorde fala sobre conversa que teve com Billie Eilish

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Spotify compra Podz, startup de descoberta de podcast

Jojo Todynho dá em cima de Rodolffo: “Eu te pego, hein”