in ,

Em podcast, Naldo Benny afirma que Anitta não existiria sem ele

O cantor comentou sobre seu pioneirismo na indústria e comparou a cadeira dos dois

Em podcast, Naldo Benny afirma que Anitta não existiria sem ele
(Foto: Instagram/@naldobenny e Getty Images/Amy Sussman)

Nesta semana, um vídeo de Naldo Benny falando sobre Anitta viralizou nas redes sociais. O cantor participou de um podcast, o “BarbaCast“, onde afirmou que foi o responsável pela transformação e valorização do funk no Brasil. Além disso, ele comentou que a cantora não existiria se ele não tivesse feito sucesso antes do início da artistas.

Anitta divulga teaser do primeiro clipe do álbum “Versions Of Me (Deluxe)”

Em podcast, Naldo Benny afirma que Anitta não existiria sem ele
(Foto: YouTube/BarbaCast)

LEIA MAIS:

No podcast, o cantor afirmou que foi pioneiro no mercado e, por isso, abriu muitas portas. Além disso, ele cita sua ex-empresária, que também trabalhou com a cantora, Kamilla Fialho. A Kamilla está muito certa quando coloca assim: ‘sem o Naldo, não existiria Anitta’. Eu fui o cara que virei o funk para o funk pop. Eu fiz o funk virar uma indústria, industrializei o gênero”, disse.

“Quando eu gravei meu primeiro DVD, em 2011, no Citibank, que não existia Anitta, Ludmilla, nenhuma dessas, ali eu mostro pra indústria que existia um funk pop, o novo pop industrializado”, comentou.

Em seguida, ele apontou uma similaridade entre sua carreira e a da cantora. “Em 2008, eu dava entrevistas dizendo: ‘vou ter uma casa em Miami, vou fazer uma carreira internacional, começando em Miami, para o público latino. A Anitta seguiu isso, apontou.

Além disso, Naldo Benny reforçou que foi o grande nome na industrialização do funk. Sua esposa, a Mulher Moranguinho, também comentou sobre o assunto. “Ele mostrou para a galera que veio depois dele que isso era possível. Não se via um artista funk dizendo que queria levar o funk para o mundo, que ia fazer parceria com um artista internacional. Ele acreditou numa coisa que a galera do funk não achava que seria possível”, explicou.

Eu não estou falando de ego. Estou falando que é sonoramente possível. Eu olhei para o quadro e falei: ‘consigo gravar uma música com Jay-Z, com Chris Brown’. Porque o meu som é um som urbano, eletrônico como o deles, é da rua”, reforçou o cantor.

Confira o trecho da entrevista de Naldo Benny:

Curtiu esta matéria? Leia mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Kaique Corrêa

Ilha Record: Solange e Jaciara lutam com exilados por vaga na Vila

Ilha Record: Kaio e Caique vencem prova no “Desafio do Regresso”

Calvin Harris e Eminem estão entre os lançamentos da semana