Foto: reprodução/ Instagram @jbalvin e @karolg
in ,

Música latina cresce pelo quinto ano seguido, Karol G estreia na Billboard 200 e mais

A música latina fechou mais um ano com saldo positivo. Pela quinta vez consecutiva, o mercado musical latino (que corresponde às músicas cantadas em espanhol, independente do gênero) registrou um crescimento bem expressivo, principalmente se a gente comparar com o mercado geral.

Os dados da RIAA mostra que, em 2020, a música latina faturou 20% a mais do que em 2019, enquanto a indústria geral, registrou um aumento de 9,2%.

96% da receita de música latina vem da plataforma de streaming, enquanto 20% dos impulsos nas plataformas de streaming vem do consumo da música latina. Assim, a música latina teve seu melhor ano até agora. A Nielsen Music também mostra que o gênero latino foi o que mais cresceu nos Estados Unidos no último ano e o quinto de maneira global, atrás do hip-hop, pop, rock e country.

KAROL G ESTREIA ÁLBUM NO TOP 20 DA BILLBOARD 200

Como a Latina Brasil previu, o novo álbum de Karol G, KG0516, é um grande marco na carreira da colombiana. Lançado há duas semanas, o material estreou no vigésimo lugar da parada geral de álbuns da Billboard.

A artista tem seu espaço no gênero urbano latino há algum tempo, mas agora conquista seu lugar no mercado global. Tusa, lançada no final de 2019 em parceria com Nicki Minaj, foi o grande divisor de águas. Primeiro single pós a era Ocean (que foi encerrada com o clipe de La Vida Continuó com Simone e Simaria), não demorou para se tornar um hit atemporal e que aumentou as expectativas dos futuros lançamentos de Karol G.

Foto: Divulgação.

Na contramão do comportamento da maioria dos artistas latinos, Karol G deixou Tusa respirar o tempo que precisava. Ay, DiOs MíO foi lançada oito meses depois, em julho de 2020. Com Bichota, lançada em agosto do ano passado, mostrou qual é a mensagem da nova era: poderosa e segura de si.

BAILE DE LOS 41, COM ALFONSO HERRERA, CHEGA NA NETFLIX NO PRÓXIMO MÊS

Saudades de ver Alfonso Herrera na televisão? No mês que vem, o longa metragem El Baile de los 41, protagonizado pelo ator mexicano, chega à Netflix.

Baseado em uma história real, o filme conta a história de um dos casos mais polêmicos do México no começo do século XX. Pela falta de documentos imparciais, o diretor David Pablos deixou claro que a produção também abraça bastante a ficção. El Baile de los 41 tem como base o escândalo real: em novembro de 1901, quando o México era governado pelo general Porfírio Díaz (que ficou no poder por 30 anos), a polícia descobriu uma festa “clandestina” onde homens travestidos com roupas e joias de luxo se divertiam. Eram 42 pessoas, entre eles Ignacio de La Torre y Mier (Alfonso Herrera), genro do general de Díaz, que fez de tudo para abafar o escândalo e escondendo sua presença na festa – então, 41 pessoas.

LANÇAMENTOS DA SEMANA

Um dos grandes lançamentos da semana foi a colaboração inédita de J Balvin e Khalid em Otra noche Sin Ti. A colaboração mescla um reggaeton romântico com um pop melódico e elementos da soul music, e ganha mais sutileza com as vocais suaves dos artistas. Cantando sobre desamor, os artistas lamentam a perda do grande amor de suas vidas.

O colombiano Camilo (um dos poucos homens que ficam bem com bigode) também tem novidades. Millones, canção que abre o álbum mais recente do artista (Mis Manos), ganhou um videoclipe colorido e fofo, dirigido pela própria esposa Evaluna Montaner e o amigo Santiago Achaga.

Confira a nossa playlist de novidades latinas para não perder nenhuma novidade!

 

Escrito por Douglas Françoza

Marido de Ivete Sangalo pede desculpas após comentário sobre Covid-19

Com “Fearless (Taylor’s Version)”, Taylor Swift conquista feito histórico no Spotify