in

Mulher do Ano, Selena Gomez ganha capa da Billboard e fala sobre The Weeknd e Justin Bieber

Anitta é a Mulher do Ano eleita pela revista GQ no Brasil, e Selena Gomez é a Mulher do Ano eleita pela Billboard nos Estados Unidos. Por conta disso, a cantora ganhou a capa da nova edição da revista, com uma sessão de fotos realizada no The Paramour Estate, em Los Angeles. Nas imagens, Selena aparece com maquiagem carregada e um decote generoso. Confira:

Selena também concedeu uma entrevista para a Billboard em sua cara, na qual falou sobre seu último ano – o que envolveu internação em rehab, transplante de rim, namoro com The Weeknd, singles não divulgados, filme com Woody Allen e, mais recentemente, reaproxição com Justin Bieber. Questionada sobre o relacionamento com Bieber, ela primeiro disse que tem muito orgulho de ser amiga de The Weeknd e que Justin é de fato um cara importante em sua vida.

– Eu de verdade nunca vivenciei nada assim na minha vida. Terminamos como melhores amigos, e foi genuinamente sobre encorajar e cuidar um do outro. Isso foi marcante para mim. [Sobre Justin] Eu tenho 25 anos agora. Não tenho 18, 19 ou 20. Eu aprecio as pessoas que realmente impactaram minha vida. Então talvez antes podia estar forçando algo que não era certo. Mas isso não significa que o cuidado com alguém se vai embora. E isso vale para pessoas em geral. Digo, cresci com Demi, Nick e Joe, e Miley. Passamos estações em nossas vidas. Não acho que é tão grave quanto as pessoas fazem parecer. É só minha vida. Cresci com todas essas pessoas, e é legal ver onde todos estão. Eu acho que uma verdadeira representação do amor está além de você mesma.

Sobre a questão do lúpus e do transplante, ela não tem problemas em falar. “Eu simplesmente continuei pensando no quanto meu corpo é meu. Desde meus sete anos, sempre senti como se estivesse dando minha vida para outra pessoa. Eu me sentia muito sozinha mesmo que tivesse ótimas pessoas ao meu redor. Mas as decisões que eu estava tomando, elas eram para mim? Após a cirurgia, tive esse sentimento de gratidão a mim mesma. Eu não acho que nunca tenha pensado antes ‘estou realmente grata por quem sou'”, destaca a cantora, “sinto-me confortável com a cicatriz. Eu não me sentia, mas me sinto agora. Foi realmente difícil no começo. Lembro-me de me olhar completamente nua no espelho e me perguntar ‘por quê?’. Eu tive alguém na minha vida, por muito tempo, que apontou todas as coisas que eu não me sentia bem comigo mesma. Quando olho para meu corpo agora, vejo apenas vida. Há um milhão de coisas que posso fazer – lasers, cremes e tudo isso – mas estou ok com meu corpo. E não há nada errado com cirurgia plástica. Cardi B tem sido minha inspiração ultimamente. Ela está arrasando e tem orgulho de tudo que fez.”

Selena Gomez também contou que, na reabilitação, passou por uma terapia com cavalos – e adorou. “Foi muito divertido. Eu me lembro de me sentir como Winona Ryder em ‘Garota Interrompida’ naquele dia. Eu estava de preto, tipo uma emo – e sendo dramática. Havia três cavalos para escolher, e naturalmente eu fui até o emocionalmente indisponível”, relembra, “então fiquei com muita raiva. Havia muito estresse nomeu corpo e o cavalo se foi completamente. Eu fiquei mais raivosa e frustrada. Os cavalos realmente podem sentir sua energia. Depois de múltiplas tentativas, a terapeuta olhou para mim e disse ‘sabe de uma coisa? Preciso que você escolha o cavalo legal, doce, simpático e disponível. Quero que você aceite o que tem na sua frente’. Eu respirei fundo, andei ao redor do estábulo e, quando voltei, me sentia completamente preenchecida da sensação de ‘isso é suficiente’. Eu sou o tipo de pessoa que vou para casa e penso ‘talvez eu não tenha feito suficiente’ ou sinto que não foi tudo, e há coisas nas quais você não pode focar. Isso nos traz à ideia de estar presente. Isso foi há quatro anos. Muitas coisas mudaram. Eu me sinto muito mais centrada e resignada”.

Na entrevista, Selena também contou que fez testes cinco vezes para trabalhar com Woody Allen. Algumas vezes, ela não tinha confiança suficiente e foi reprovada. Mas, como não acharam ninguém, ela teve a chance de fazer o teste mais uma vez e conseguiu. “Foi uma grande experiência para mim”. Ela precisava de algo assim depois da cirurgia: as filmagens tinham um clima bom, de todo mundo se apoiando, e isso a fortaleceu. Mas o que todo mundo quer saber é: música nova. E, sim, ela está trabalhando nisso também.

– Quero dizer isso de uma forma amável: minha gravadora tem se incomodado com todas as músicas que eu tenho criado, e há um grande poder em dizer ‘não’. Eu gosto de como temos apresentado as músicas neste ano, porque não foi de uma maneira agressiva, foi muito genuíno. Eu cancelei as duas últimas turnês que fiz, então há algo que considero profundo também. Como vou pisar no palco e simplesmente possuí-lo completamente e usá-lo com orgulho? No passado, eu continuava procurando algo: ‘o figurino não é brilhante o suficiente, todo mundo continua me olhando como se eu fosse essa garotinha'”.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demi Lovato divulga novas prévias do clipe de “Tell Me You Love Me”

“Reputation”: álbum de Taylor Swift finalmente entra no Spotify