banner com link para rádio globo
Foto: Divulgação
in

Morrissey pede que Johnny Marr não mencione seu nome e ele responde

O pedido foi feito através de uma “carta aberta” publicada via internet.

O tempo fechou – de novo – entre Morrissey e Johnny Marr. Através de uma carta aberta publicada ontem (25), o ex-vocalista do The Smiths pediu ao ex-colega de banda que parasse de mencionar seu nome durante entrevistas, mas não demorou nada para o guitarrista responder ao pedido. A réplica chegou hoje e recheada de deboche.

Leia Mais:

Foto: Brian Rasic/Getty Images (Uso autorizado POPline)

A publicação da carta aberta assinada por Morrissey aconteceu através do site Morrissey Central, onde ele disse:

“Isso não é um discurso retórico ou um discurso bombástico histérico. É um pedido educado e calmamente medido: Você [Marr], por favor, pare de mencionar meu nome em suas entrevistas? Você poderia, por favor, discutir sua própria carreira, suas próprias conquistas solo imparáveis e sua própria música? Se você puder, você poderia, por favor, me deixar fora disso?”

O cantor continuou:

“O fato é: você não me conhece. Você não sabe nada da minha vida, minhas intenções, meus pensamentos, meus sentimentos. No entanto, você fala como se fosse meu psiquiatra pessoal com acesso consistente e ininterrupto aos meus instintos.”

Johnny Marr, por sua vez, usou seu perfil oficial no Twitter para fazer a réplica. Ele ainda debochou do ex-amigo e o chamou de antiquado nas entrelinhas. No complemento, Marr publicou uma foto em sua conta no Instagram, onde aparece deitado em uma rede no mar, usando a mesma tag que usou no post no Twitter, #makeindiegreatagain.

“Uma ‘carta aberta’ não existe desde 1953, é tudo mídia social agora. Até Donald J Trump tinha isso. Além disso, esse negócio de notícias falsas… um pouco 2021, sim?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Johnny Marr (@johnnymarrgram)

Morrissey e Johnny Marr foram companheiros de banda no The Smiths por seis anos, lançaram quatro álbuns juntos: ‘The Smiths’ (1984), ‘Meat Is Murder’ (1985), ‘The Queen Is Dead’ (1986) e ‘Strangeways, Here We Come’ (1987).

Escrito por Mari Pacheco

Novo filme de “Mortal Kombat” já está em desenvolvimento

No BBB22, Eslô se engana e xinga pessoa errada: “Vaca, nojenta, safada”