Foto: reprodução/ @shawnmendes @mariahcarey Instagram
in ,

Momento gratiluz: Mariah Carey brinca ao imitar foto de Shawn Mendes

Shawn Mendes chamou a atenção de seus seguidores ao demonstrar que está vivendo um momento de paz. O cantor publicou uma imagem em que aparece em um gramado, com os braços abertos e, na legenda, agradeceu: “Grato. O sol, café, minha saúde, minha família, velhas canções de Mariah Carey, música, humanos.”

A citação a diva pop movimentou os comentários no post do ídolo canadense. Algumas pessoas acharam engraçado o modo como o cantor falou das canções de Carey. Charlie Puth questionou: “Qual música da Mariah em particular?”. A própria artista respondeu com a mesma dúvida: “me perguntando a mesma coisa”, respondeu Mariah.

Sam Smith entrou na brincadeira e disse que “Aways Be My Baby”, fazendo uma piada com a idade de Shawn que se referiu as “velhas canções” da cantora.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Shawn Mendes (@shawnmendes)

Mariah Carey, pelo visto, achou engraçada a menção que recebeu na legenda de Shawn Mendes e resolveu fazer uma brincadeirinha em tom de shade, como ela gosta. A cantora publicou uma foto fazendo a mesma pose do artista e fez uma adaptação à legenda: Grato. “O sol, o chá, a minha saúde, a minha família, as velhas canções do Shawn Mendes, a música, os humanos”, escreveu.

Gráfico animado mostra impressionante histórico de Mariah Carey na Hot 100

Mariah Carey é, de fato, um caso raro na música pop internacional. Ela estreou em 1990 e, logo no seu debut, foi primeiro lugar na parada Billboard Hot 100 com “Vision of Love“. Não demorou nada que ela veio para ficar, emplacando um hit atrás do outro. O que, talvez, ninguém esperava, é que ela se manteria por três décadas como um nome relevante, sempre se reinventando e lançando hits.

Mariah Carey sucesso impressionante nas paradas
Foto: Divulgação

Em gráfico animado, dá pra ter uma boa noção do histórico de Mariah Carey na Billboard Hot 100. Começando logo com o quarteto de #1s “Vision of Love“, “Love Takes Time“, “Someday” e “I Don’t Wanna Cry“. Ela mostra sua força. Com o tempo, mesmo depois de períodos de baixas, ela sabe se reinventar e voltar com tudo. Foi o caso da era “The Emancipation of Mimi“, de 2005, que fez a cantora dar a volta por cima após fraco desempenho de “Glitter” e “Charmbracelet“. Os hits memoráveis da era são “We Belong Together“, “Shake It Off” e “Don’t Forget About Us“.

Escrito por Douglas Françoza

“Meio”: Hotelo abre as portas de casa para falar da segunda parte de álbum temático sobre relacionamentos

Depois do Brasil, Alemanha é foco da IFPI na ação contra manipulação de streaming