Megan Thee Stallion. Foto: Divulgação
in ,

Megan Thee Stallion iguala feito de Cardi B ao colocar todas as faixas do ‘Good News’ no TOP200 do Spotify

Rapper iguala recorde do ‘Invasion Of Privacy’ de Cardi B como os únicos álbuns por rappers femininas a conseguirem a marca

Fenômeno! Parece que o efeito do mega sucesso de “WAP” já está reverberando nas carreiras de Cardi B e Megan Thee Stallion. Eleita a rapper do ano pela revista norte-americana “GQ”, Megan lançou nessa sexta-feira (20) o seu mais recente álbum, que leva o título de “Good News”, e o sucesso já está batendo à sua porta. Em dois dias, todas as faixas do disco entraram no TOP200 do Spotify US simultaneamente, juntando-se ao “Invasion Of Privacy” de Cardi. Os trabalhos figuram como os únicos projetos por rappers femininas a conseguirem este feito.

O disco conta com 17 faixas, além de colaborações de City GirlsDa Baby, Lil Durk SZAPopcaan, MustardBig Sean2 ChainzBeyoncé e Young Thug. O buzz não poderia ser maior.

Megan Thee Stallion é eleita rapper do ano pela GQ
(Foto: Divulgação)

Com nota 93 no Metacritic, o álbum é aclamado pela crítica especializada. Alexis Petridis, do ‘The Guardian”, deu nota máxima para o disco e escreveu que Megan é “fenomenal no que ela faz” e que o talento da artista é “um banquete”AD Amorosi da Variety escreveu que o álbum é “focado na diversão, embora ainda seja uma declaração orgulhosa sobre a feminilidade negra” e concluiu que Megan “está movendo-se com confiança para o próximo nível”.

Rapper do ano pela “GQ”

Megan Thee Stallion é eleita rapper do ano pela GQ
(Foto: Adrienne Raquel / GQ)

Megan Thee Stallion vai encerrar o ano consagrada. Ela está na capa da nova edição da revista GQ, nos Estados Unidos, com o título de “rapper do ano”. O título foi dado a ela depois de colocar duas músicas no topo da Billboard Hot 100 em 2020 – “Savage” com Beyoncé “WAP” com Cardi B. A entrevista, aliás, tratou da repercussão de “WAP” – que viralizou mundialmente com a coreografia ousada. “Eu vi algumas senhoras republicanas, você sabe como elas são. Uma maldita senhora republicana falando ‘isso é um exemplo terrível!’ (risos)”, lembra Megan.

Mulher do ano pela “Billboard”

Foto: Reprodução/YouTube

QUem também está colhendo os frutos da repercussão de “WAP” é Cardi B.Dona de uma personalidade forte e hits que dominaram as paradas mais cobiçadas da indústria musical, Cardi B foi eleita “Mulher do Ano” pela Billboard, no evento que tradicionalmente homenageia personalidades que se destacaram na música nos últimos meses. Residente do “Hot 100” da publicação com “WAP”, a rapper fechou parcerias que alavancaram ainda mais seu nome no cenário e ainda mostrou todo seu ativismo político durante a corrida presidencial nos Estados Unidos, que culminou na eleição de Joe Biden, no início do mês.

 

Escrito por Leonardo Rocha

BTS: Jungkook é eleito “homem internacional mais sexy do ano” pela “People”

Gustavo Mioto: Veja o react do clipe “Despedida de Casal” no POPline.space