"O máximo que você pode esperar do Maroon 5 é o esquecimento", diz Pitchfork
(Foto: Divulgação)
in ,

“O máximo que você pode esperar do Maroon 5 é o esquecimento”, diz Pitchfork

Álbum novo do Maroon 5 se chama “Jordi”. Já ouviu?

O site especializado em música Pitchfork, dos Estados Unidos, publicou uma crítica muito negativa acerca de “Jordi”, álbum novo da banda Maroon 5. A primeira frase é “O máximo que você pode esperar do Maroon 5 é o esquecimento”. O veículo deu 4.7 pontos para o disco. O máximo é 10.

“Você não recorre ao Maroon 5 para suas metáforas folgadas, excessivamente comprometidas ou suas baladas sentimentais. Você escuta para que possa submergir”, diz o texto assinado por Dani Blum. “Jordi” não é diferente disso, na opinião do veículo. A Pitchfork desaprova as escolhas artísticas da banda, supostamente sempre atreladas a interesses comerciais, que resultariam em músicas óbvias.

"O máximo que você pode esperar do Maroon 5 é o esquecimento", diz Pitchfork
Capa do álbum (Foto: Divulgação)

“O sétimo álbum da banda é curto. Eles continuam buscando relevância com recursos incompatíveis e pop plastificado, mas essas faixas são mais dispersas e caóticas do que nos álbuns anteriores. (…) A abordagem do Maroon 5 para o amor sempre foi mergulhada em clichês. Sua resposta à tragédia [morte do empresário] é igualmente pálida. (…) Não se trata de uma banda experimentando além de sua zona de conforto. É o som de uma banda que tenta desesperadamente atrair o maior número de mercados possível”, diz a crítica publicada

O texto também aponta que o álbum é resultado do trabalho de 47 compositores, o que dá um sinal de como as músicas são criadas. A participação de Megan Thee Stallion, para a Pitchfork, é sem propósito – assim como foi com Cardi B em “Girls Like You”. “Parece frágil e transicional, uma desculpa para entrar brevemente na órbita de Megan”, diz o texto.

"O máximo que você pode esperar do Maroon 5 é o esquecimento", diz Pitchfork
(Foto: Divulgação)

Maroon 5 tem previsão de vendas fracas com novo álbum

De acordo com o Hits Daily Double, o álbum deve vender entre 29 mil e 33 mil em streaming somando com vendas puras (álbuns físicos ou downloads pagos). Isso coloca o Maroon 5 longe da disputa para as primeiras colocações, que fica entre Polo G, Olivia Rodrigo e Migos.

Essa é uma queda significativa levando em consideração que o Maroon 5 é uma banda de sucesso e acumula números altos. O álbum anterior, “Red Pill Blues“, de 2017, estreou em segundo lugar na Billboard 200 com 122.000 unidades. Dá para perceber que o número caiu bastante de uma era para outra.

Escrito por Leonardo Torres

Rennan da Penha encontra Lula para falar de funk e cultura

Wesley Safadão fará live com Juliette neste sábado