Mateus Carrilho rebate Patrícia Abravanel: "vai se fod**"
(Foto: Reprodução / Instagram @mateuscarrilho e @patriciaabravanel)
in ,

Mateus Carrilho rebate Patrícia Abravanel: “vai se fod*r”

Cantor se irritou com discurso da apresentadora, defendendo que pessoas LGBTQIA+ têm que ser compreensivas com preconceituosos.

Depois de rebater Caio Castro sobre a fala do pastor acerca de pessoas LGBTQIA+, o cantor Mateus Carrilho usou o Twitter para rebater também a apresentadora Patrícia Abravanel. Na manhã desta terça (1º/6), a filha de Silvio Santos usou seu programa no SBT para defender que pessoas LGBTQIA+ sejam compreensivas com “os conservadores”.

“Patrícia Abravanel, vai se foder! Filhinha de papai ignorante. Respeito e LGBTQfobia são coisas diferentes. E você é só preconceituosa”, escreveu Carrilho, que tem sido bastante ativo contra a LGBTQfobia nas redes sociais.

Mateus Carrilho rebate Patrícia Abravanel: "vai se fod**"
(Foto: Reprodução / Instagram @mateuscarrilho)

“LGDBTYH”? Patrícia Abravanel defende a intolerância e pede compreensão

No mês em que se celebra o Orgulho LGBTQIA+, a apresentadora pediu compreensão aos conservadores, até que foi corrigida pela sua equipe. Tudo começou quando Patrícia citou os nomes de Rafa Kalimann e Caio Castro, que compartilharam em seus perfis o vídeo de um pastor chamado Cláudio Duarte afirmando não ser à favor do relacionamento entre pessoas do mesmo sexo.

A apresentadora quis abordar a polêmica em seu programa, mas acabou proferindo um discurso homofóbico ao tentar justificar uma educação conservadora. Chama atenção o fato de Patrícia Abravanel ter 43 anos e, ainda assim, enrolar-se ao dizer a palavra “homofobia”, além de errar a sigla LGBTQIA+.

Nesse momento o co-apresentador Gabriel Cartolano deu seu ponto de vista, explicando que é necessário ter respeito pelas pessoas. Ainda assim, Patrícia continuou com suas falas, afirmando que para ela “só algumas pessoas nascem LGBTs”. Outra, em sua visão, estão apenas “experimentando”.

Escrito por Leonardo Torres

Lulu Santos: “É necessário dizer ‘você não tira a minha alegria, nem meu direito'”

Coachella anuncia retorno com datas em 2022