Foto: Divulgação
in ,

Mastodon pede desculpas por comentário homofóbico de seu guitarrista

“Queremos que nossos fãs LGBTQ se sintam seguros ouvindo nossa música e vindo nos ver ao vivo,” diz a banda

Brent Hinds, vocalista e guitarrista do Mastodon, ganhou as manchetes ao expressar seu desdém por fazer uma turnê com o Disturbed no Mayhem Festival em 2008. Mas ao se referenciar à banda de metal, usou a expressão “merda gay”. Agora, o vocalista e baterista Brann Dailor se desculpou, em nome da banda, pela linguagem ofensiva de Hinds, ao mesmo tempo em que insiste que sua banda “não tem má vontade em relação ao Disturbed”.

Foto: Clay Patrick McBride

LEIA MAIS:

Após a publicação da entrevista, o escritor e músico Morgan Y. Evans, do site Metal Riot, comentou em um post nas redes sociais da banda, onde o baterista Brann Dailor aparecia vestido como Rob Halford, vocalista do Judas Priest e assumidamente homossexual.

“Como um fã LGBTQ da banda que viu vocês ao vivo três vezes, escrevi muitas vezes em revistas e até voei uma vez para vê-los em Nova York, foi muito ruim hoje ver um membro usando linguagem homofóbica para descrever uma turnê com o Disturbed. Não é mais legal usar o termo ‘gay’ como algo pejorativo em 2021”.

Depois de uma conversa particular com Evans, o baterista se desculpou publicamente na seção de comentários, ao mesmo tempo que mencionou que o Disturbed foram “super legais” com o Mastodon na turnê:

“@Morganyevans Isso realmente me chateia. Lamento muito ter ferido seus sentimentos ou os de qualquer outra pessoa, essa nunca foi nossa intenção. Queremos que nossos fãs LGBTQ se sintam seguros ouvindo nossa música e vindo nos ver ao vivo. Nós também não temos nenhuma má vontade em relação ao Disturbed, eles sempre foram muito legais conosco na turnê do Mayhem. Acho que aquele entrevistador pode ter pego Brent em um dia ruim. Desculpe por chateá-lo ou qualquer outra pessoa, agradecemos muito a você e a todos os nossos fãs”.

Escrito por Daiv Santos

YUNGBLUD anuncia curta-metragem baseado no single “Mars”

Distribuição de direitos autorais cresce 130% em 10 anos no Brasil