Demi Lovato Marshmello
Demi Lovato em show de Marshmello (Foto: Getty Images / Uso Autorizado POPline)
in ,

Com site especial, Marshmello e Demi Lovato confirmam parceria

“Ok Not To Be Ok” é o nome da já tão comentada colaboração.

Depois de rumores e até de um vídeo teaser que deu a entender que a parceria de Marshmello e Demi Lovato estava próxima de ser lançada, os dois artistas, por meio de um site especial, confirmaram a colaboração, que chega já na próxima semana.

Capa do single de It's Ok Not To Be Ok
Capa do single de It’s Ok Not To Be Ok (Foto: Divulgação)

A faixa chama-se “Ok Not To Be Ok” e tem seu lançamento nas plataformas de streaming marcado para o dia 10 de setembro.

Para confirmar e divulgar a parceria, Marshmello e Demi Lovato lançaram o site oknottobeok.com, que tem um visual retrô de computador, tipo Windows 95, com a capa do single no centro da página.

Já ao abrir, o usuário vai passar por um teste rápido de humor, ao responder algumas perguntas simples. O resultado pode ser compartilhado nas redes sociais. Há também vários links, incluindo para a página do pre-save de “Ok Not To Be Ok”. Um player de música exibe uma playlist com vários sucessos de Demi Lovato e de Marshmello.

Campanha anti-suicídio

Setembro Amarelo
Foto: Divulgação

Como já dá pra perceber só pelo título da música de Demi Lovato com Marshmello, “Ok Not To Be Ok” também abre espaço para conscientização de uma campanha anti-suicídio nos Estados Unidos, chamada “Hope For The Day”.

Na página especial da música, ao clicar no link correspondente ao “Hope For The Day”, vários telefones e meios de contato para prevenção do suicídio são exibidos.

A música também será parte da campanha do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, que é exatamente o dia 10 de setembro, dia em que a música será lançada. Vale lembrar que o mês de setembro é conhecido no mundo todo como Setembro Amarelo, mês mundial de prevenção ao suicídio.

Demi Lovato fala sobre suicídio

O suicídio é, inclusive, um assunto bem próximo de Demi, que revelou anteriormente já ter tentado cometer suicídio e que, quando criança, tinha um verdadeiro “fascínio pela morte”.

“A primeira vez que fui suicida foi aos sete anos, e eu tinha fascinação pela morte. Aos sete anos, eu sabia que, se tirasse minha própria vida, aquela dor se encerraria. Foi esse pensamento que retornou quando sofri com bullying, e voltou diversas vezes quando estava lidando com depressão e bipolaridde”, confidenciou a cantora em entrevista de 2018.

Escrito por Kavad Medeiros

Escute ao podcast do POPline na FM O Dia com lançamentos de DAY, As Baías & Rincon Sapiência e Gaab & Dilsinho

“Nunca exaltei sistemas socialistas. Sempre odiei”, revela Caetano Veloso. Foto: Gshow

Caetano Veloso regrava “Hey Jude”, clássico dos Beatles