Portas
Foto: e.l.i.s.a.m.e.n.d.e.s
in ,

Marisa Monte apresenta “Portas”, seu primeiro álbum solo em 10 anos

Marisa Monte acaba de lançar o seu primeiro álbum de músicas solo de estúdio em 10 anos. O sucessor de “O que Você Quer Saber de Verdade” (2011) foi batizado de “Portas” e chega com 16 faixas, entre elas o single “Calma“, lançado no dia 10 de junho.

Marisa Monte. Foto: Divulgação

Completando 54 anos hoje, a cantora assina a composição da maioria das faixas ao lado de parceiros como Arnaldo Antunes, Chico Brown, Pretinho da Serrinha, Nando Reis, Silva, Marcelo Camelo (Los Hermanos), Seu Jorge, Pedro Baby, entre outros. Esse é o primeiro projeto de Marisa sem a colaboração de Carlinhos Brown, que aparece no time de compositores de seus projetos desde o “Verde anil amarelo cor-de-rosa e carvão“.

Todo o álbum é visual, sendo assim, as faixas ganharam vídeos especiais, alguns deles são clipes mais elaborados e outros reúnem imagens captadas no estúdio de gravação e nos bastidores da produção.

Portas
Foto: Divulgação

Fruto de uma parceria com Arnaldo Antunes e Dadi, a faixa-título ganhará um clipe dirigido por Giovanni Bianco e que estreará no “Fantástico”, no próximo domingo (4). O diretor já assinou trabalhos de Madonna, Ivete Sangalo, Ludmilla e Anitta, inclusive o clipe de “Girl From Rio”.

Ouça o álbum “Portas”, de Marisa Monte:

“Calma”

Antes do álbum, Marisa Monte entregou a música “Calma”, primeiro single, com participação de Chico Brown. O registro reforça a identidade da artista, com utilização de metais e falsetes muito bem executados. O clipe traz imagens da artista em estúdio, mesclando com trechos de uma estrada.

“De uma hora pra outra, a gente não podia mais sair e o mundo ficou perigoso. O primeiro momento foi de paralisia total. Todo mundo em casa, isolado, triste e com muito medo. Música é uma forma de arte coletiva feita de encontros e fomos atingidos em cheio. Passaram-se vários meses até que a gente conseguisse entender melhor a nova realidade, cheia de protocolos, cuidados, testes e máscaras. Durante todo esse tempo, todo mundo continuava em casa abatido e cansado. Foi quando um amigo meu me disse: ´se organiza com toda a segurança possível com uma equipe enxuta e comprometida, entra no estúdio e grava. Eu tenho certeza que vai ser bom pra vocês e vai fazer bem pra todos nós. Música é remédio. Foi aí que a gente abriu as portas e reencontrou nosso caminho”, ela diz em vídeo compartilhado nas redes sociais.

 

 

 

Escrito por Douglas Françoza

Olivia Rodrigo domina Spotify no primeiro semestre do ano

Bomba! Voz nos álbuns da Britney pode ser de outra cantora

Empresa pede para deixar a co-tutela de Britney Spears