Foto: Reprodução/Twitter
in ,

Måneskin subverte gêneros em clipe sexual para “I Wanna Be Your Slave”

Os vencedores do Eurovision exploram masculinidade e feminilidade em novo vídeo

Sensação do rock italiano, o Måneskin acaba de lançar clipe para seu mais recente single “I Wanna Be Your Slave”. Dirigido por Simone Bozzelli, os integrantes aparecem em um ciclo voyeurístico, onde desejos proibidos são combinados com sacrifício.

Foto: Reprodução/Twitter

A ideia em torno do vídeo é explorar gêneros e subverter os conceitos de masculinidade e feminilidade. O vocalista Damiano David aparece de lingerie, enquanto os integrantes aparecem de maquiagem pesada. O clima de azaração combinada com letras sexy dão o tom provocativo que a banda havia prometido.

A faixa faz parte do último álbum do Måneskin, Teatro d’ira: Vol I. “Queremos falar sobre vida sexual de diferentes formas para representar aquilo que que as pessoas acham loucura, esquisito ou entediante”, diz o vocalista.

Måneskin entra para o Top 3 da Billboard Global

A banda tem se mostrado um verdadeiro fenômeno da música internacional. E depois de vencer o Eurovision 2021, a banda agora aparece no Top 3 da parada Billboard Global pela primeira vez.

A música que deu essa conquista ao Måneskin não foi “Zitti E Buoni”, que venceu o Eurovision, mas sim o cover de “Beggin'”, faixa da banda Madcon. A faixa foi lançada pelos italianos em 2017, como parte do EP “Chosen”.

Na parada Global da Billboard, “Beggin'” aparece na 3ª posição, atrás apenas de Olivia Rodrigo e Ed Sheeran. Já na lista Global Excluindo os Estados Unidos, a banda Måneskin figura na segunda posição, perdendo apenas para Ed Sheeran e seu novo single “Bad Habits”.

Escrito por Daiv Santos

Igor lança clipe de “Serena e Louca” com Rachel Apollonio nesta sexta (16)

Billie Eilish reclama da invasão de privacidade

Billie Eilish libera performance ao vivo de “NDA”