Foto: Reprodução/internet e Getty Images
in ,

“Ele é maluco”, diz Brian May sobre posicionamento anti-vacina de Eric Clapton

Guitarrista do Queen criticou pessoas contra vacinação da Covid-19 em entrevista ao jornal “The Independent”

Em entrevista ao jornal “The Independent”, Brian May mandou um recado ao “ídolo” Eric Clapton, que tem sido uma das maiores vozes no movimento anti-vacina e que, recentemente, declarou que não fará shows onde seja exigido certificados de vacinação ao público.

Foto: Getty Images

“Pessoas anti-vacina, sinto muito, acho que eles são malucos. Há muitas evidências que mostram que a vacinação ajuda. Em geral, elas têm sido muito seguras. Sempre haverá algum efeito colateral em qualquer medicamento que você tome, mas sair por aí dizendo que as vacinas são um complô para matar alguém, desculpa, isso é loucura para mim”, disse Brian May.

Foi aí que o guitarrista do Queen foi perguntado sobre o que acha do posicionamento antivacina de Eric Clapton: “Eu amo o Eric Clapton, ele é meu herói, mas em muitos pontos ele tem visões muito diferentes das minhas. Ele é uma pessoa que acha ok atirar em animais por diversão. Então, temos nossas discordâncias, mas nunca deixaria de respeitá-lo“, completou, de forma elegante.

Depois que foi anunciado que o Reino Unido planejava implementar um “passaporte de vacina” para certos eventos, Eric Clapton disse que não tocaria em nenhum palco onde houvesse uma “audiência discriminada presente“. Caso não houvesse a possibilidade de todas as pessoas comparecerem, o guitarrista disse se reservar o direito de cancelar o show.

Leia mais:

As medidas no Reino Unido são apenas uma solução alternativa que está sendo implementada. Recentemente, a Live Nation anunciou que deixaria seus artistas em turnê escolherem se querem que a plateia apresente um teste negativo para Covid-19 ou prova de vacinação.

Escrito por Daiv Santos

Ilha Record: Antonela processará Lucas Selfie por xenofobia

Gabriel T. Wickbold

Alok dará R$ 350 mil em prêmios em campeonato de Free Fire