Maite Perroni responde sobre possível turnê do RBD
(Foto: Divulgação)
in ,

Maite Perroni responde sobre possível turnê do RBD

“Não temos intenção de estar viajando e visitando esses países em 2021”, diz Maite Perroni sobre RBD.

Quatro membros do RBD aceitaram se unir novamente para uma live musical do grupo, em dezembro. Foi o suficiente para que fãs nutrissem esperanças de algo mais. Mas isso não está nos planos deles. Maite Perroni respondeu, em uma entrevista nova, sobre a possibilidade de uma nova turnê do RBD. A resposta é… não.

“Não é um reencontro que vai ser uma turnê o ano todo. Não é um reencontro meticulosamente planejado. Não temos intenção de estar viajando e visitando esses países em 2021. Não temos essa intenção. No dia 6 de dezembro, faremos uma live. Um show e nada mais. Só esse dia e nada mais. Já estamos preparando e estamos muito emocionados. Não esperávamos que isso nos provocaria tanto. Estamos dia e noite planejando como fazer, com esse tema do Covid”, pontuou a eterna Lupita.

Maite Perroni responde sobre possível turnê do RBD
(Foto: Divulgação)

Como surgiu a ideia da live?

Maite Perroni contou que nem mesmo a live foi planejada há muito tempo. Todos os seis integrantes se reuniram em dezembro do ano passado, na casa de Alfonso Herrera (Poncho), para uma reunião de amigos que não se viam juntos há 11 anos. Não havia intenções profissionais. Tudo mudou quando veio a pandemia do coronavírus.

De início, eles queriam se unir para fazer algo que pudesse ajudar as pessoas que estavam enfrentando a Covid-19. O projeto, no entanto, acabou não saindo do papel. Mas, enquanto eles estavam em contato, receberam a notícia de que a discografia completa do RBD finalmente entraria nas plataformas digitais. Pareceu um sinal.

“Enquanto estávamos nesse processo, nos dão a notícia de que – com a gente ou sem a gente – a Universal já tinha os direitos de todas as músicas do RBD e iria subi-las em todas as plataformas. Esse tema dos direitos não tem nada a ver com a gente. Nós seis éramos personagens no projeto, nada mais. Ao final, começaram um movimento muito lindo e muito grande nas plataformas digitais. Nos surpreendemos com o que o RBD podia conquistar depois de 12 anos de ter terminado. De repente, tínhamos 32 músicas no Top global de 50 músicas. Foi uma loucura voltar a ver isso acontecendo depois desses anos. Aí conversamos e pensamos: ‘por que não fazemos algo, um dia de nossas vidas, que nos permita se conectar com o público que nos deu coisas tão lindas?'”, conta.

Dulce María e Alfonso Herrera não farão parte

Ser apenas “um dia da vida” foi crucial para que Maite Perroni, Anahí, Christian Chávez e Christopher von Uckermann aceitassem participar. Dulce María também queria fazer parte, mas acabou recuando, por conta de sua gestação. Eles cogitaram fazer a live em março, quando sua bebê já teria nascido, mas a cantora não quis se comprometer, porque estará lactante e sem babá. Ela não poderia se entregar totalmente aos ensaios como acha que um show do RBD merece.

Alfonso Herrera foi o único que não topou em momento algum, porque não se vê como cantor e quer se dedicar integralmente à carreira de ator. Os outros compreenderam. O empresário que cuidava do grupo nos tempos áureos, Pedro Damián, disse que a música sempre foi “muito custosa” para Poncho. Não era algo que ele gostava de fazer.

Escrito por Leonardo Torres

Igreja detém os direitos de sucessos da Rihanna e Beyoncé

Charlie Puth deixa o cofrinho à mostra em sessão de massagem