Manu Batidão e Pabllo Vittar. Foto: Instagram
in ,

Mãe de Pabllo Vittar esclarece acusações de Manu Batidão

Dona Verônica afirma que a cantora não faz parte do time de compositores da canção, como vem afirmando

Dona Verônica segue fazendo tudo! Está circulando um áudio nas redes sociais, vinculado à mãe de Pabllo Vittar, em que ela rebate as acusações da cantora Manu Batidão em torno dos créditos da música “Apaixonada”, do álbum “Batidão Tropical”. Segundo a artista, apesar da faixa ser de sua autoria, o nome dela não teria entrado na lista de compositores da regravação. Em defesa de Vittar, Verônica disse que a artista não tem nada a ver com o processo da canção e “está com raiva”.

“Conversei com a Pabllo agora, conversei com toda a equipe e com o advogado da empresa. Não tem nada disso. Ela está com raiva, mas todo mundo que compôs a música está muito é satisfeito e feliz porque receberam. Eles nunca mias tinham tido um dinheiro, como tiveram com essa música. É fogo de palha. É pra gente não dar ibope”, declarou ela em áudio.

Entrevista: Pabllo Vittar e sua máquina de álbuns anuais
(Foto: Ernna Cost)

Ao o que tudo indica, a equipe de Pabllo Vittar deve abrir um processo contra Manu, ex-vocalista da Banda Batidão, do Pará, que relatou o “problema” em uma entrevistada ao programa “PodDalhe Cast”, no YouTube, na última quinta-feira (8/07). “Já tem gente resolvendo isso. Porque calúnia e difamação da em que?”, finalizou dona Verônica.

No desabafo de Manu, ela ainda fez questão de dizer que Vittar também regravou sua vinheta. “A Pablo regravou a música, e não foi só a música, fez a minha vinheta também, copiou a nossa vinheta. Faz o seguinte? Dá uma ligada para mim, manda um direct. Os fãs estão perguntando por que você não compartilhou. Eu quero que ela me ligue. Me seguia no Instagram, depois parou de seguir. Então filha, vem cá que eu estou esperando você falar comigo sobre essa questão“, disse.

Segundo consta, as regravações do álbum “Batidão Tropical”, de Pabllo Vittar, receberam créditos de compositores originais, produtores e gravadoras. No Spotify, por exemplo, seja na reprodução de Pabllo Vittar, ou na versão da Banda Batidão, em que Manu era vocalista, o nome de Deyvid Carnavalho aparece como compositor de ambas as faixa do hit tecnobrega.

Nas redes sociais, Manu Batidão compartilhou uma nota esclarecimento, falando sobre o tema. De acordo com a publicação, a equipe da cantora garante que ela faz parte da composição da faixa.

“A música ‘Apaixonada’ é de autoria de Manu Bahtidão e de Deyvide Carvalho. A canção foi gravada, pela primeira vez, há 12 anos, durante a gravação do DVD da Banda Batidão e da aparelhagem Mega Príncipe, em uma casa de shows em Belém, do Pará.  A vinheta, que virou referência e conhecida do público como “Banda Batidão” e, em seguida, “Isso é Manu, Bahtidão”, também foi criada pela artista. Em 2019, por intermédio da A3 Entretenimento, a produção da artista Pablo Vittar, já havia demonstrado interesse em gravar a música “Apaixonada”, no entanto, a negociação para um feat Manu/Pablo Vittar, acabou não acontecendo. Até que no último dia 25 de junho de 2021, a cantora Manu Batihdão e a MA Produções foram surpreendidos com o lançamento da canção no novo álbum da Pablo Vittar, juntamente com a mesma vinheta”, diz a nota,

Veja a publicação na íntegra:

Escrito por Leonardo Rocha

ATEEZ: San escreve carta aos fãs após diagnóstico de Covid-19

Marcello Melo Jr. aponta inspiração em Amy Winehouse, CBJR e O Rappa