in

Madonna fala mal de Whitney Houston e Sharon Stone em carta dos anos 90: “elas são medíocres”

Polêmica no ar. Uma carta pessoal, escrita por Madonna nos anos 1990, foi colocada em leilão. Até aí, ok, esse tipo de item é leiloado o tempo todo. Mas o que chama atenção é o conteúdo do texto assinado pela Rainha do Pop: ela fala mal da cantora Whitney Houson, que na época era um fenômeno de popularidade, e da atriz Sharon Stone, tida como sex symbol principalmente depois do filme “Instinto Selvagem” (1992).

“É tão frustrante ler que Whitney Houston tem a carreira musical que eu gostaria de ter e que Sharon Stone tem a carreira cinematográfica que eu nunca vou ter. Não porque eu queira ser essas mulheres, porque eu preferiria morrer, mas elas são tão terrivelmente medíocres, e sempre são colocadas como modelo ideal de virtude e parâmetro de medida para me humilhar. Eu não acho que consigo jogar o jogo para ser aceita. Eu sou muito inteligente, tenho muito orgulho. Eu sinto como se não tivesse carreira, nem família, nada permanente ou tangível”, escreveu Madonna.

Os papéis foram descobertos por Darlene Lutz, apresentada no leilão como amiga pessoal de Madonna. O “J.” que aparece no início da carta – o destinatário – seria um ator chamado John Echos.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja o pocket show de Demi Lovato para rádio em Birmingham na íntegra!

Veja lista dos 50 cantores e bandas que mais faturaram no último ano