in

Madonna é convocada pela corte russa para prestar esclarecimento sobre “apologia à homossexualidade” em show

A cantora Madonna está convocada pela corte russa para uma audiência no dia 25 deste mês, informou o Digital Spy. Ela é acusada de ter promovido a homossexualidade no show que fez em São Petersburgo, em 9 de agosto. Na ocasião, ela defendeu os direitos da comunidade LGBT e prestou apoio aos oprimidos no país.

O que acontece é que São Petersburgo tem uma lei, aprovada em março, conhecida como “anti-gay”. Ela proíbe a apologia a qualquer sexualidade diferente da heterossexual. Baseado nisso, o grupo União dos Cidadãos Russos exige uma indenização de US$ 10 milhões pelos transtornos causados. “Nós, moradores da capital cultural, sofremos um colossal dano moral”, afirmou um representante do grupo.

Madonna, na verdade, já havia sido convocada para uma audiência no dia 11 deste mês, mas não compareceu e conseguiu seu adiamento. No dia 25, porém, sua ausência é praticamente certa também. Ela tem show marcado em Houston, nos EUA, no mesmo dia.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OMG: Justin Timberlake e Jessica Biel se casarão na Itália nesta semana, aposta imprensa internacional

Nicki Minaj e Cassie lançam o colorido videoclipe para “The Boys”; assista