in

Luísa Sonza se nega a embarcar em avião por conta da presença de Jair Bolsonaro

O candidato a presidente do Brasil Jair Bolsonaro causou tumulto em um voo comercial da companhia Gol no último sábado (30) e provocou desistência de algumas pessoas, inclusive da cantora Luísa Sonza. De acordo com informações da UOL, ela já estava na aeronave quando soube da presença do candidato conhecido por declarações homofóbicas, machistas e racistas. Ela tomou tal decisão justamente por causa de tal situação.

Uma aeromoça, inclusive, também desembarcou. “Em 2014, derrubaram o voo de Eduardo Campos”, justificou ela, em referência à morte do então candidato à Presidência da República, em acidente aéreo.

Bolsonaro viajava de São Paulo para o Rio de Janeiro após 23 dias internado. Neste mesmo dia, milhares de pessoas foram às ruas em manifestações contra ele. Foram pelo menos 40 cidades, incluindo estados de Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Em vídeo, é possível ver reação adversa quando ele entrou na aeronave.

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jennifer Lopez faz show final de sua residência em Las Vegas com convidados especiais

Claudia Leitte faz discurso contra misoginia e homofobia em show e plateia entoa: “ele não”