Créditos da imagem: Rodolfo Magalhães
in ,

Ludmilla mistura pop e pagodão baiano em “Pra Te Machucar”, parceria com Major Lazer, ÀTTOOXXÁ e Suku Ward – ouça!

O sucesso de crítica e público do “Numanice Ao Vivo” ainda é um assunto quente para a funkeira que se arriscou na versatilidade musical e, nesta quinta-feira, apresenta o seu novo single. “Pra Te Machucar” chega com uma ficha técnica nivelada pelo alto escalão do pop: Major Lazer (Diplo, Walshy Fire e Ape Drums), o grupo baiano ÀTTOOXXÁ e Suku Ward se unem a Ludmilla em um lançamento muito esperado pelos fãs.

“O Diplo mandou a base da música para mim e perguntou se eu gostava, para que a gente fizesse alguma coisa. Claro que amei e, na mesma hora, comecei a escrever a letra. E aí, logo veio a ideia de chamar mais gente para o single ficar redondinho e logo me veio à cabeça o Àttooxxá. O resultado está aí, quero saber o que vão achar quando ouvirem ela prontinha, porque antes ainda precisava de alguns ajustes, né?!”, declarou Ludmilla.

É claro que a junção de tantos artistas importantes em um projeto só faria sentido se a essência de cada um deles desse forma a canção. Portanto, não surpreende que “Pra Te Machucar” agregue o que há de mais tradicional no pop eletrônico e elementos do pagodão baiano. A parceria de Ludmilla com integrantes do Major Lazer já rendeu a ela um sucesso. A premiada e polêmica “Verdinha” foi produzida com Walshy Fire, integrante do grupo internacional.

OUÇA A MÚSICA:

O clipe

O vídeo dirigido pelo mesmo diretor de “Rainha da Favela”, Felipe Sassi, será lançado nesta sexta-feira, ao meio-dia. Gravado em Itu, no interior de São Paulo, Ludmilla se envolve em uma atmosfera de faroeste, cercada de muito suspense e aventura, mas sem deixar de tratar de assuntos que são socialmente importantes.

Créditos da imagem: Rodolfo Magalhães

O clipe mostra uma cantora negra que é sequestrada pelos próprios empresários e é substituída por uma cantora branca. O plano é falido, já que a uma justiceira entra em ação. Ludmilla chega a tempo de resgatá-la para o show.

A cantora é a primeira artista negra da América Latina a atingir 1 bilhão de streamings no Spotify e, em dezembro de 2020, protagonizou um triste episódio de racismo, que fez com que ela deixasse as redes sociais por um período.

 

Escrito por Douglas Françoza

Justin Bieber quebra recorde com live show realizada no TikTok

“Gasoline”: ouça a nova parceria de HAIM e Taylor Swift