Foto: Reprodução / YouTube
in ,

Louis Walsh revela que Britney Spears estava sob forte medicação durante o X Factor US

Empresário participou de parte das gravações da segunda temporada do programa, em 2012.

A participação de Britney Spears como jurada do The X Factor US em 2012 pode até ter gerado alguns memes utilizados até hoje, mas para Louis Walsh, não tinha nada de engraçado na situação da cantora naquele momento.

The X Factor US 2012
Foto: Divulgação

Em entrevista ao jornal irlandês Independent, o empresário Louis Walsh revelou que, durante o X Factor estadunidense em 2012, quando ele substituiu Simon Cowell por parte das audições, Britney estava sob forte medicação e que era retirada da bancada e levada para seu camarim o tempo todo, sempre após algumas audições.

“Eu estava sentado com Britney por dois dias e após e sempre após algumas audições ela ficava… [demonstrando a postura da cantora]. Eles literalmente paravam o programa e levavam ela porque ela estava sob tanta medicação e outras coisas. Eu senti pena dela”, explicou o empresário.

“Aqui estava ela, a maior popstar do planeta, e ela estava apenas sentada ali fisicamente, mas ela não estava ali mentalmente. Ela tinha muitos problemas.”

Musical com hits de Britney Spears estreia em novembro nos EUA

Britney Spears
Foto: Mario Testino

Agora vai! O musical teatral “Once Upon a One More Time”, inspirado nos sucessos de Britney Spears, finalmente vai estrear nos Estados Unidos. O site especializado Playbill anunciou que as sessões de pré-estreia começarão em 29 de novembro no Sidney Harman Hall, em Washington.

O musical vem sendo desenvolvido há anos. O cronograma inicial previa estreia em Chicago em 2019, mas houve um atraso que levou a produção a adiar a estreia para 2020. Por conta da pandemia do coronavírus, tudo foi suspenso temporariamente e sessões foram canceladas. A passagem por Chicago não acontecerá.

Apesar da estreia em Washington, a ambição é sim chegar aos palcos da Broadway. O musical usa canções como “Oops I Did It Again”, “Lucky”, “Circus” e “Toxic” para contar um conto de fadas com personagens como Cinderella, Branca de Neve e Pequena Sereia.

Na história, elas só podem ler uma coletânea de contos de fadas dos irmãos Grimm, porque é tudo que têm, mas quando uma fada madrinha traz para elas o clássico feminista “The Feminine Mystique”, de Betty Friedan, a vida das princesas é alterada de formas inesperadas.

Escrito por Kavad Medeiros

Com “traitor”, Olivia Rodrigo conquista outro feito importante no Spotify

Quem é Mari Fernandez, 2º lugar no Top Viral do Spotify?