in ,

Lollipop: "Rain", o Folclore do Mika

Mika é, provavelmente, resultado de uma das maiores fecundações do pop da década de 80 a se sobressaírem pelo talento na nossa geração. Boa parte da divulgação do seu trabalho vem pela internet e manter o fandom a seu favor e discretamente controlado é outro dom seu, algo primordial quando álbuns deixam de ser as principais fontes de vendas. O cantor de libanês de 26 anos, que atendia por Mica Penniman antes de ser famoso, conseguiu trazer boa parte da infância dos anos 80 para nossa geração – como a cultura de cartoons da época, por exemplo. No seu novo vídeo do segundo álbum ‘The boy how knew too much” (2009), Mika celebra clássicos da sua geração e espíritos do folclore irlandês.

mikaDepois de gritar para o mundo que é uma pessoa dourada em “We are Golden”, Mika aparece dizendo que a culpa, na verdade, é toda das mulheres (“Blame it on the girls”, 2º single do novo álbum). Pausa para uma reflexão sobre o fracasso do vídeo em questão, que veio não pela sua afirmação sobre as mulheres, mas por um trabalho visual um tanto mais contido. Explorando mais angulações de câmera e menos cores, com coreografias a lá Feist e Hot Chip não tão bem executadas. O single definitivamente não agradou nem aos fãs em fóruns da internet. Assim, não foi preciso uma longa espera para um novo vídeo ser divulgado: Rain, uma obra folclórica.

No vídeo, Mika ainda é um adolescente como nos outros clipes dessa fase(no primeiro álbum ele era uma criança), mas dessa vez com conflitos psicológicos e um isolamento típico da idade. No começo é apresentada uma garrafa de leite que nos deixa saber o desaparecimento do cantor e em seguida concluímos que o cantor está escondido no seu mundo particular, representado por uma floresta com toques de Thundercat (Woooo!) de 83, Branca de Neve e os Sete Anões (1937) e de Thriller, do Michael Jackson (1982) – se me dissessem que o Tim Burton participou em algum momento da produção desse vídeo, eu não duvidaria.

A cenografia e a coreografia podem parecer esquisitas com relação aos vídeos passados do cantor, mas suas explicações vêm de um grupo de dança alemão chamado de “On The Roof”. Em Rain, Mika faz uma versão do número Daoine Sìdhe, da companhia de dança que, por sua vez, buscou elementos de folclore irlandês para composição do ato, como o nome do título. Em irlandês, o mito Daoine Sìdhe significa “pessoas da montanha” e fala sobre uma raça encantada, quase espiritual, que coexiste com a humana e habita montanhas da irlanda. Essas criaturas são conhecidas como protetores de lugares puros, como florestas, lagos, etc, para que esses lugares evoluam em paz. Em Rain eles provavelmente protegem a floresta que o Mika está refugiado, mas rapidamente o observam, passando a enxergar o personagem e suas transformações como algo perturbador: mágico e profano ao mesmo tempo. Enquanto isso o “adolescente” é convidado para uma dança e acaba correndo das criaturas mágicas, fugindo da pureza. O vídeo segue sem nenhuma gota de chuva, apesar dos fãs jurarem ver água no fim do clipe.

Rain, novo single do cantor na Europa enquanto “Blame me it on the Girls” é tocado no Japão e América do Norte, terá um maxi-single com uma versão de Poker Face da Lady Gaga cantanda por ele, que já regravou Hips don´t Lie da Shakira para a rádio BBC. Quanto ao vídeo, o nome do diretor ainda não foi divulgado, mas contaremos aqui no Popline assim que soubermos.

lollipopslollipopslollipopslollipopslollipops

Agradecimentos: fãs da comunidade Mika no Orkut e do Mika Fan Club internacional

Escrito por Redação POPLine

7 Comments

Ciara no Brasil: Cantora ganha site oficial em português

Oi Fashion Rocks: Fernanda Lima vai apresentar o evento junto com Diddy