Giulia Be. Foto: Twitter
in ,

“Lokko”: Giulia Be assume lado pop e declara: “Está sendo sobre ressignificar”

Cantora dá início a nova era que promete dança, energia e parcerias internacionais

A menina está cada vez mais solta! Giulia Be embarcou de vez num universo pop, colorido e cheio de sensualidade para a nova era. E essa transição já pode ser vista no clipe de “Lokko”, lançado nesta sexta-feira (11), no YouTube, fazendo um esquenta para o atual momento de Be, que mostra maturidade e deixa de lado o ar de menina e embarca numa pegada dançante e cheia de mistério.

Se nos últimos seis meses os fandom sentiu falta de novidades de Giulia, esse momento chegou ao fim. Imersa nos estúdios desde então, ela não só compôs e cantou a faixa, como participou ativamente da produção e dos cortes que o clipe, com ares psicodélicos e referências das divas dos anos 2000, como Christina Aguilera. A versão voz e violão de Be, abre espaço um novo BPM.

LOKKO
Foto: Divulgação

“Muita coisa mudou, estou com uma estética um pouquinho diferente e a produção musical foi algo que eu me envolvi demais. Eu tinha escrito essa música há três anos e, como tudo o no meu ano de 2021, está sendo sobre ressignificar. É algo completamente diferente de tudo o que eu fiz até agora, porque, apesar de parecer muito diferente de parecer de tudo o que a gente faz aqui no Brasil, tem algo muito familiar. Eu me inspirei muita nessa cena pop do ano passado”, entrega ela.

As referências de trabalhos recentes de Dua Lipa, The Weeknd e Miley Cyrus, são altamente perceptíveis em “Lokko”. Artistas que estão no radar de Giulia para esse novo momento. “Eu fiquei muito antenada. É uma nova era, uma nova Giulia. Eu estou me apresentando de novo para o Brasil, mostrando um novo lado como artista, como artista pop que eu estou me preparando para ser. Fiz aula de dança corporal, aula de voz, procurei a aprender a produzir“, conta.

Giulia Be Lokko
Giulia Be nos bastidores do clipe “Lokko” / Foto: Instagram

Assim como no EP “Solta”, que colocou Giulia Be no topo das paradas, inclusive, fora do Brasil, a produção do novo single ficou por conta de Paul Ralphes, e a composição vem em parceria como irmão mais velho da loira: Daniel.  “Essa música nada mais vai ser um reflexo do que a gente caminhou para chegar aqui. Nessa primeira fase, eu aprendi muito. Escutei quem tinha coisa boa para falar e quem tinha algo de ruim também. Meu irmão virou colaborador meu e ajudou escrever esse verso. É meu primeiro lançamento meu com meu irmão de muitos do que vocês vão escutar”.

As imagens do clipe são pura diversão. Gravado no Hopi Hari, em São Paulo, Giulia dispensou modelos e convidou os amigos para uma noite de alegria. De acordo com ela, a maior expressão desse amor louco é com sua galera. As cenas de romance ficam na companhia de Lucca Picon.

Giulia Be. Foto: Twitter

“O clipe foi uma reflexo do que eu acho dessa animação. Eu queria essa coisa loucura e o maior reflexo de amor louco são meus amigos essas aventuras. Isso transparece no clipe, apesar de ter um elemento bem sexy”, diz. “Explorei todos esses universos, a estética psicodélica, color full, tem mutia referencia dos anos 2000, anos 90”, destaca.

Os fãs, claro, clamam pela lançamento do GB1, primeiro álbum de carreira da cantora, já que “Solta”< apesar do mega sucesso, se trata de um EP. Com lua em virgem, a artista faz tudo com muito cuidado, por se achar perfeccionista demais. “Estou preparando para as performances que virão em breve, e sim, será uma coisa definitivamente mais animada. Ela tá lá em cima quando se trata de BPM. Podem preparar os saltos para dançar na sala“, conta ela, aos risos.

Vem aí o GB1?

“Eu não estou ainda querendo preparar ou associar esse single a um projeto maior, porque meus fãs já estão na caça do GB1 e não quero comprometer. Eu tenho vontade de lançar outras coisas, musicas em espanhol. Eu fiquei um tempo sem lançar nada para me conectar. Só para esse clipe eu fiquei na sala de edição sangrando para ele ficar perfeito. Estou dando tudo de mim e me jogando em varias funções, estou agarrando novas profissões dentro do que é ser uma popstar”

Se nos últimos meses, Giulia esteve viajando pelo México e Estados Unidos, não foi apenas à passeio. Muito pelo contrário. A estadia serviu para a cantora se conectar com novos artistas e produtores e que ela avisa:já renderam frutos. Mas sem muito spoiler, por enquanto.

Giulia Be. Foto: Twitter

“Quem sabe em breve o mundo não consuma musica em português assim como está acontecendo com o espanhol? A parceria pra mim não é algo de estrategia ou numero. Tem que ter um storytelling. Acredito que o mais legal é a troca. Já tenho musicas gravadas com artistas de la e esperando o momento certo para contar isso”, adianta.

Parcerias internacionais

Por lá, Be esteve em contato com Ovy on the Drums, produtor de “Tusa”, da Karol G, Sky Rompiendo, que já trabalhou com J Balvin, e outros nomes que ainda serão divulgados. Por lá ela conseguiu ter um gostinho de ver, em loco, a repercussão de sua música mundo a fora.

Foi incrível estar lá, tive uma recepção muito boa das pessoas estarem interessadas, ‘inolvidable’ teve uma reverberação muito boa no México, teve gente vindo falar que gostam na minha musica. Essa minha ida para lá foi incrível eu me senti a Hanna Montanna. Foi incrível”, diz, aos risos.

Giulia Be. Foto: Twitter

Mas nenhuma parceria fez tanto barulho como quando Will.i.am convidou a carioca para uma colaboração, ao vivo, durante uma transmissão no Instagram, no ano passado. E ela conta um pouco do que pretende com essa colaboração de peso.

“A gente ia se encontrar agora, mas ele estava em Londres e não foi dessa vez ainda. A gente continua se falando, existem possibilidades, sim, mas eu gosto de escrever com a pessoa. Sou muto fã da parceria deles (do The Black Eyed Peas) com Sergio Mendes, em ‘Mais que Nada’. Queria fazer algo nessa pegada, algo que realmente mostrasse o Brasil. Estar envolvida nisso seria um sonho”< contata.

Escrito por Leonardo Rocha

Indy Naíse convida Drik Barbosa e D’ogum para o seu novo EP

Trilha sonora de “Carnaval” ativa o gatilho dos saudosos à folia baiana