Fotografia: @camilatuon (@ce.ge_)
in ,

Liniker lança clipe afetuoso para a irresistível “Baby95”; veja

Na semana do dias dos namorados, mas em tempos tão nebulosos, Liniker apresenta uma ode ao afeto com “Baby95“, uma faixa com texturas imersivas e que resgata referências musicais do âmbito familiar da artista. A substituta de “Psiu” mescla um charmoso R&B com a brasilidade irresistível do pagode em uma letra composta pela própria intérprete ao lado de Tulipa Ruiz, Tassia Reis e Mahmundi.

Fotografia: @camilatuon (@ce.ge_)

Julio Fejuca e Gustavo Ruiz completaram a parceria com Liniker na produção da faixa, que acaba de ganhar um delicado videoclipe, cheio de sorrisos, toques, abraços e olhares de calmaria. A produção visual foi dirigida por Camila Tuon e Gabiru. Veja:

A nova aposta da artista é uma amostra das nuances que estarão em seu próximo disco, o primeiro sem “Os Caramelows”, previsto para o segundo semestre de 2021. De acordo com Liniker, o seu ambiente familiar era rodeado de samba e pagode o que explica a musicalidade de “Baby 95”:

“Muitas pagodeiras e pagodeiros encontraram no R&B um caminho para traduzir o romance na nossa língua. Daí, veio a minha vontade e inspiração para ressignificar o que eles já faziam nos anos 1990. A produção musical do Julio Fejuca e do Gustavo Ruiz colaborou muito nesse sentido. Eles abordaram cada detalhe daquele universo, partindo da linguagem e atualizando para o agora”, disse a artista em comunicado.

Fotografia: @camilatuon (@ce.ge_)

No dia 25 de junho, a cantora estreara a sua carreira de atriz como protagonista de “Manhãs de Setembro”, série da Amazon Prime Brasil.

“Eu sou feita de misturas, de camadas e muitas coisas me inspiram. Seria injusto para o meu processo artístico me dedicar apenas a um único tipo ou estética musical. Eu me dou bem na multiplicidade. Não é nem questão de se dar bem, na verdade, acho que eu estou mais disponível a investigar coisas e formas”, diz ela sobre a nova aventura.

Ficha técnica do filme:

Estrelando: Liniker/ David Newton
Direção geral: Ce.Ge: Camila Tuon e Gabiru
Direção de cena e Criativa: Ce.Ge: Camila Tuon e Gabiru
Direção de Produção : Dani Façanha
Produção Executiva Liniker e Boogie Naipe
Assistente de direção: Luz Barbosa
Direção de Fotografia e Operação de Câmera: Camila Tuon, Raphael Savelkoul e Vitor Manon
Direção de Arte: Felipa Damasco
Assistentes de arte: Cais Vicente e Thais Regina
Styling: Victor Miranda
Assistentes de Styling: Jorge Moura e Carol Passos
Camareira: Edna Maria Mesquita Pereira
Make: LGBEAUTÉ (Rapha da Cruz, Magô Tonhon e Maria Ágata Ignácio
Hair: Diva Green e Jeniffer Eneas
Produção de Casting: Lucans
Making of: Alysson Freitas
Assistência de Set e Loggagem: Camila Cavanha
Montagem: Raphael Savelkoul e Vítor Manon
Edição e finalização: Diogo Comum (Liquor)
SFX: Eddu Chaves
Produção Geral Audiovisual: Karine Reis
Apoio: Nivea e Caloi
Realização : Noyze, Liniker e Ce.Ge.

Ficha técnica da música:

“Baby 95”
Autoria: Liniker de Barros Ferreira Campos, Mahmundi, Tássia Reis, Tulipa Ruiz
Músicos:Liniker (voz e coros), Ana Karina Sebastião (Baixo), Sérgio Machado (Bateria), Fábio Leandro (Piano Fender Rhodes), Will Bone (Madeiras e Metais), Júlio Fejuca (Cavaco, Banjo e Violão), Gustavo Ruiz (Guitarras) e Dennys Symples (Percussões)
Arranjo de base: Liniker, Júlio Fejuca, Gustavo Ruiz, Sérgio Machado e Ana Karina Sebastião
Arranjo de madeiras e metais: Will Bone
Mixado por: João Milliet
Masterizado por: Felipe Tichauer
Edição Digital: Karen Ávila
Gravado nos estúdios Navegantes, Pingado Áudio e Brocal por Zé Nigro, Will Bone e Gustavo Ruiz
Produzido por: Liniker, Júlio Fejuca e Gustavo Ruiz em São Paulo, Brasil

 

Escrito por Douglas Françoza

Kaya Conky apresenta série que celebra o Orgulho LGBTQIA+

Exclusivo: Confira a letra de “Lokko”, nova aposta de Giulia Be