in ,

Liam Payne se desculpa por ofender e objetificar mulheres bissexuais em “Both Ways”

O cantor Liam Payne voltou atrás com relação à música “Both Ways”, do álbum “LP1”. Em entrevista ao jornal Daily Star, da Inglaterra, ele pediu desculpas por qualquer ofensa às mulheres bissexuais. Quando o álbum saiu, ele foi acusação de objetificar e tratar como fetiche (para os homens) a bissexualidade feminina.

“Peço desculpas para todo mundo que se sentiu ofendido com alguma música ou coisas diferentes no meu álbum. Essa nunca foi a minha intenção com nenhuma composição ou algo que eu estava fazendo. Eu estava tentando me desafiar em diferentes áreas. Olhando para trás, foi apenas um momento para mim”, disse o cantor.

Segundo Liam, ele passou por um momento conturbado durante o desenvolvimento do álbum “LP1”. Ele não diz qual, mas pode ter relação com o fim do relacionamento com Cheryl, mãe de seu filho. Na entrevista, ele contou que, depois de “Strip That Down”, não conseguia fugir das músicas com apelo sexual, mas acredita que agora está em outro momento.

“Both Ways”, a música que gerou críticas, conta a história de uma mulher que gosta de sexo a três. Liam canta que “sua garota” gosta “dos dois lados” e que ele “não a discrimina”, aceitando participar de “ménage à trois”. O que mais pegou é que, no passado, Liam chegou a dar declarações extremamente heteronormativas, ignorando a diversidade sexual do público.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rogério Flausino (Jota Quest) estará no ENTÃO TÁ, VAMOS FALAR SOBRE MÚSICA POP desta sexta

Cantor morre vítima de Coronavírus no Brasil aos 28 anos