Foto: Getty Images (Uso autorizado ao POPline)
in ,

Liam Payne alfineta Zayn Malik e relata briga nos bastidores do One Direction

Cantor disse que boyband foi idealizada por Cowell a partir dele

Liam Payne, 28, concedeu uma polêmica entrevista ao podcastImpaulsive“, apresentado por Logan Paul, nesta terça-feira (31). Durante o bate-papo, o cantor falou sobre a formação do One Direction e comparou o seu trabalho solo com o dos outros integrantes da boyband – formada por ele, Harry Styles, Zayn Malik, Niall Horan e Louis Tomlinson durante o reality show musical The X Factor, em 2010.

Foto: Getty Images (Uso autorizado ao POPline)

LEIA MAIS:

Payne contou que Simon Cowell – jurado do programa e idealizador do quinteto – começou a formatar o grupo a partir dele e de uma promessa que tinha lhe feito em sua primeira participação na competição, dois anos antes do 1D ser criado e quando ele não conseguiu avançar na disputa. “[Simon] meio que começou comigo e depois passou pelo resto…Eu nunca contei essa história antes.”, disse o cantor britânico.

Briga de backstage

Ainda durante a conversa, Liam relatou que teve uma briga com um dos membros do grupo, mas não especificou com qual deles se desentendeu. “Houve uma discussão nos bastidores e um membro, em particular, me jogou na parede (…) Então eu disse a ele: ‘Se você não tirar essas mãos de mim, há uma grande probabilidade de você nunca mais usá-las’.”

Maior sucesso de estreia?

Falando de sua carreira solo, o astro disse que a sua canção “Strip That Down“, com Quavo, foi a música de estreia de maior sucesso entre as lançadas pelos integrantes da boyband. “Fizemos a primeira música, bilhões de streams…Acho que vendeu mais que todo mundo da banda, e eu fui o último a sair”, comentou Liam. A informação vem sendo contestada por fãs, que afirmam que “Pillowtalk“, de Zayn, e “Sing Of The Times“, de Harry, tiveram desempenhos melhores.

Relação com Zayn 

O nome de Malik surgiu no bate-papo quando o apresentador abordou a briga que o cantor de “Pillowtalk” teve com o seu irmão, Jake Paul, em Las Vegas. Na época, a então namorada de Zayn, Gigi Hadid comentou o ocorrido nas redes sociais, chamando o boxeador de “irrelevante” e o cantor de “um rei respeitoso“.

Liam-Payne-Zayn
Foto: Getty Images (Uso autorizado ao POPline)

“Ela twittou algo sobre conseguir um homem respeitoso ou algo assim. Esse tuíte não envelheceu muito bem“, disse Liam durante a entrevista, fazendo referência a separação conturbada do casal tempos depois – marcada por um suposto empurrão que Malik teria dado em Yolanda Hadid, mãe da modelo, além de acusações de assédio. O cantor nega que isso tenha acontecido.

> Relembre o término conturbado do casal

Há muitas razões pelas quais eu não gosto de Zayn e há muitas razões pelas quais eu sempre estarei do lado dele“, disse Liam no podcast.

“Se eu tivesse que passar pelo que ele passou – com seu crescimento e qualquer outra coisa… Meus pais me apoiam demais a ponto de às vezes ser irritante. Zayn teve uma criação diferente nesse sentido (…) Você sempre pode olhar para o homem por onde ele está e dizer: ‘Ah sim, tanto faz, esse cara é idiota. Mas no final do dia, quando você entender o que ele passou para chegar a esse ponto – e também se ele queria ou não estar lá”.

Payne continuou dizendo que Zayn era incompreendido. “Ouça, eu não concordo com nenhuma de suas ações. Não posso elogiar algumas das coisas que ele fez. Não posso estar do lado dele por isso”, declarou Liam. “O que posso dizer é que entendo e sua única esperança é que em algum momento de sua vida, a pessoa do outro lado do telefone queira receber a ajuda que você está disposta a dar a ela.”, finalizou.

Veja a entrevista completa:

 

Escrito por Douglas Françoza

Tribo Lua conquista mais uma vitória em “No Limite” e aumenta rixa entre equipes

Em vídeo, Ewan McGregor se posiciona em defesa da atriz Moses Ingram