in ,

Liam Payne afirma que seu álbum teve dois bilhões de streams: entenda como!

Liam Payne fez um post no Instagram comemorando o aniversário de dez anos desde sua audição no “The X Factor”. Neste post, o cantor afirma que seu álbum bateu dois bilhões de streams – o que é espantoso, já que ele não entrou no Top 10 das paradas de nenhum país. O chamado “LP1” amargou, por exemplo, um mísero 111º lugar na Billboard 200, embora os Estados Unidos fosse um mercado-foco do artista.

Liam Payne aparece em um cenário de céu na capa do seu álbum
Foto: Divulgação

Como, então, “LP1” chegou a dois bilhões de streams?

Não, Liam Payne não está surtado e inventando coisas. Os números fazem sentido. Só não refletem, necessariamente, o sucesso do álbum como um todo.

Liam, sua equipe e a gravadora Capitol montaram uma estratégia que praticamente simula um sucesso para o disco. Embora o disco tenha saído em 2019, ele reuniu músicas que vinham sido lançadas desde 2017. “Strip That Down”, o primeiro single de Liam, é uma das faixas do álbum e só ela registrou 746 milhões de streams apenas no Spotify. Foi um sucesso.

“For You”, dueto de Liam com Rita Ora, gravado para a franquia “Cinquenta Tons de Cinza” e lançado em 2018, levou para o álbum outros 307 milhões de streams do Spotify. Os clipes de “Strip That Down” e “For You”, juntos, ultrapassam 600 milhões de visualizações.

Desta forma, Liam Payne vem contando “pontos” para o álbum desde 2017 – em várias plataformas de stream. Quando o disco saiu, já tinha praticamente dois bilhões de streams nas plataformas digitais – sem precisar de nenhuma música nova para isso. Se tivesse simplesmente reunido tudo que lançou e montado o álbum, daria para dizer que o disco era um sucesso em streaming, mesmo que mais ninguém o ouvisse a partir do lançamento.

Desempenho dos inéditas

As inéditas do “LP1” não foram tão bem sucedidas. “Live Forever”, que ganhou clipe no dia do lançamento do disco, tem 25 milhões de reproduções no Spotify. Também teve um single natalino, “All I Want (For Christmas)”, que não gerou impacto. São só pouco mais de 22 milhões de streams.

Liam Payne escolheu lançar seu álbum em uma fase que suas músicas não estavam fazendo tanto barulho quanto antes. No início, o público ainda tinha curiosidade sobre o que os integrantes do One Direction fariam com suas carreiras solo. “Stack It Up”, lançada pouco antes do álbum, tem até decentes 63 milhões de reproduções no Spotify, mas não chega nem perto dos números que ele conquistava anteriormente – o pico foi de #84 no Reino Unido.

Como conclusão, Liam Payne tem dois bilhões de streams com músicas do álbum, sim. No entanto, se ele realmente decidisse lançar um álbum de inéditas, sem lançamentos anteriores, a situação seria bem diferente. Essa não é uma estratégia isolada, muitos artistas fazem isso, mas no caso de Liam, é ainda mais evidente.

Escrito por Leonardo Torres

“Cobra Venenosa” é o título do próximo single da Ludmilla

Pabllo Vittar confirma que “Rajadão” vai ter clipe