Lexa e Parangole. Foto: Divulgação
in ,

Lexa e Parangolé apostam em cores vibrantes e muita coreografia para o clipe de “Venenosa”. Veja!

Parceria é a mistura perfeita ente o axé music e o funk carioca

Já está entre nós! Se a ideia é aproveitar o fim de semana para suar a camisa e aprender uma nova coreografia, você tem a música perfeita para isso. É que Lexa acaba de lançar, nesta sexta-feira, o clipe de “Venenosa”, em parceria com o grupo Parangolé. Abusando de cores vibrantes, luzes neon e muito swing, o hit tem tudo para ser um viral das redes sociais. Se não bastasse o rebolado da funkeira e de Tony Salles, o Ballet do Parango dá o tom das passinhos da música.

Depois de lançar o segundo álbum da carreira em setembro, incluindo Chama Ela (com Pedro Sampaio) e “Sussu“, Lexa segue cheia de novidades em 2020. A parceria com o Parangolé já começa a dar um gostinho de Carnaval, explorando o groove do axé music, mesclado com o batidão do funk, reafirmando a identidade musical da artista carioca.

Lexa grava clipe com Tony Salles, do Parangolé, para nova música do grupo. Foto: Divulgação

Uma curiosidade é que, além de cantar, Tony Salles também fez parte da composição do single, juntamente com Luciano Chaves e Marco Lima. “Lexa é um talento da nossa música na atualidade. É linda, carismática e uma das grandes promessas. É uma amiga querida e eu tive a honra de contar com ela na nova música do Parango”, elogiou Tony.

A cantora também rasgou elogios para o parceiro de feat. “Não poderia recusar este convite. Gosto muito do Tony e ele é referência. Além disso, a música tá incrível”, disse a cantora.

O álbum

“LEXA” é o segundo álbum da carreira da cantora e traz nove músicas, incluindo participações especiais de Márcio Vitor (Psirico), Bruno Cardoso (Sorriso Maroto) e Pedro Sampaio, além de Luísa Sonza. Toda a produção é do trio Dogz, formado por Pablo Bispo, Sérgio Santos e Ruxell. Para dezembro, a funkeira ainda prepara a versão deluxe do álbum, com músicas inéditas.

“Esse projeto é a minha cara! A raiz do álbum é o funk, mas ele tem vários estilos e segmentos musicais misturados, como o trap e também o pop, que está super forte. Esse álbum foi extremamente bem produzido e muito bem trabalhado, fiz tudo com muito carinho”, diz Lexa.

Venenosa
Foto: Divulgação

 

 

Escrito por Leonardo Rocha

Divulgação

‘Ilusão (Cracolândia)’: case de sucesso nas plataformas digitais relata a luta e a dor das famílias que convivem com o vício

Elza Soares e Mc Rebecca mostram teaser exclusivo do clipe de “A Coisa Tá Preta”