Músicas das divas que deveriam ter sido singles
Foto: Divulgação
in ,

Leitores escolhem músicas de divas que deveriam ter sido singles, mas não foram

Veja os resultados de nossas enquetes!

Durante alguns dias abrimos enquetes no Twitter para saber dos fãs quais músicas das divas deveriam ter sido singles, mas acabaram não sendo. Sempre há aquela injustiçada, mas é queridinha do público, não é mesmo? Aqui está o resultado!

Divas do pop
Fotos: Divulgação

Lady Gaga

547 votos

Sexxx Dreams 12,6%
Scheisse 24,9%
Dance In The Dark 47,7%
Speechless 14,8%

“Dance In The Dark” foi lançada em 2018 como parte da tracklist do “The Fame Monster”. A música é uma das mais contagiantes da carreira da Gaga e tem todos os ingredientes para um grande hit. Tem uma pegada dance retrô e fala sobre saúde mental, tema frequente da carreira dela. É, de fato, uma música pra apagar a luz e dançar junto.

Britney Spears

360 votos

Lonely 22,8%
What You See 12,2%
I Got That (Boom Boom) 31,4%
Do You Wanna Come Over 33,6%

O álbum “Glory”, de 2016, foi pouco aproveitado, só com dois singles oficiais. No entanto, para os fãs, teria uma música com potencial para seguir com a era. Trata-se de “Do You Wanna Come Over?”. Composta por hitmakers como Justin Tranter e Julia Michaels, tem a pegada sensual e dançante que Britney Spears sempre foi destaque. Poderia, realmente, ser um sucesso se bem trabalhada.

Katy Perry

935 votos

Legendary Lovers 30,4%
Roullete 9,5%
Peacock 19%
Walking On Air 41,1%

A era “Prism”, terceiro álbum da Katy Perry, foi um sucesso, mas pecou na escolha de singles. Enquanto lançava as mornas “Birthday” e “This Is How We Do”, ela continuava ignorando as incríveis “Legendary Lovers” e “Walking On Air”, as duas mais votadas na nossa enquete. “Walking On Air” tem uma pegada disco, super dançante, é cativante de uma maneira incrível. Todo muito sonhava com um clipe com drag queens, mas não rolou.

Beyoncé

603 votos

Radio 12,8%
Me, Myself and I 22,1%
End of Time 44,8%
I Was Here 20,4%

O conceito de “single” para Beyoncé é meio ultrapassado. Ela tem lançado álbuns visuais, onde todas as músicas têm clipes e são trabalhadas de acordo com a demanda do público. O álbum “4”, de 2011, não é visual, mas a maioria das músicas ganhaou clipe. Ficou faltando, no entanto, “End Of Time”, uma das favoritas dos fãs. Radiofônica o suficiente para ser um sucesso, mas com o conceito que a cantora adora, mostrando seus fortes vocais.

Rihanna

419 votos

Fire Bomb 21,5%
Half Of Me 11,5%
Jump 25,5%
Good Girl Gone Bad 41,5%

O álbum “Good Girl Gone Bad” (2007) foi um marco na carreira da Rihanna, a transformando definitivamente em uma superstar. Saíram hits como “Umbrella”, “Don’t Stop the Music” e “Rehab”. No entanto, para os fãs, ficou faltando justamente a faixa-título, uma forte balada que reflete a personalidade da cantora, além de ser bastante radiofônica.

Ariana Grande

815 votos

Greedy 30,6%
Touch It 33,5%
Why Try 9,6%
Be Alright 26,4%

“Touch It” é só uma faixa bônus do álbum “Dangerous Woman”, de 2016. Só nisso os fãs já veem injustiça. Eles acham a música uma das melhores da carreira dela e merecia ter sido trabalhada com single. É um mid-tempo com vocais poderosos e se destaca, particularmente, ao vivo. “Touch It” era uma das partes mais impactes da turnê.

Madonna

188 votos

Has To Be 4,8%
Devil Wouldn’t Recognize You 20,2%
Gang Bang 40,4%
Crazy 34,6%

Considerada uma das melhores músicas do “MDNA”, acabou não tendo o reconhecimento que merecia. A própria Madonna chegou a falar que gostaria de ter a música com clipe dirigido por Quentin Tarantino, mas acabou não rolando e a ideia esfriou. Uma pena!

Escrito por Caian Nunes

Produtor do RBD revela que demorava 4 meses para produzir as músicas e explica: "vocais desafinados". Foto: Divulgação

Produtor do RBD revela que demorava 4 meses para produzir as músicas e explica: “vocais desafinados”

PItty: Documentário “MATRIZ.doc” será exibido na TV nesta quarta, aniversário da cantora