in ,

Lady Gaga sobre ARTPOP: “anos depois, é um dos meus álbuns mais aclamados”

Lady Gaga segue divulgando “House of Gucci“, filme dirigido por Ridley Scott, em que interpreta Patrizia Regianni, mandante do assassinado de seu ex-marido Maurizio Gucci. A atriz e cantora concedeu uma entrevista ao lado do diretor para o The New York Times. Apesar do tema ser o novo projeto cinematográfico, Gaga acabou citando o seu álbum “ARTPOP”, que completou oito anos nesta quinta-feira (11).

Leia mais: 

House of Gucci: trailer novo mostra Lady Gaga maligna
(Foto: Divulgação)

Scott falava sobre a sua relação com o sucesso e a crítica quando citou o filme “Blade Runner”, de 1982, cuja repercussão foi negativa. Gaga opinou: “Quando você está fazendo arte para agradar as pessoas ou busca elogios, isso não é sustentável. Você é essencialmente apaixonado por fazer com que as pessoas o amem, em vez de ser apaixonado pelo trabalho”, explicou. “Sei que me perdi como artista por um tempo, quando comecei a me preocupar com o que faria as pessoas gostarem de mim”, continuou.

Em seguida, Lady Gaga lembrou que o seu disco “Artpop” recebeu criticas ao ser lançado, mas, hoje, revisitado, é um dos favoritos dos fãs:

“Toda a minha carreira tive altos e baixos. Quando você estava falando sobre “Blade Runner”, eu estava pensando no meu álbum “Artpop” e como eles fizeram críticas antes mesmo de ser lançado. Por causa da liberdade de expressão, as pessoas podem escrever o que quiserem, mesmo que seja mentira, mas anos depois, é um dos meus álbuns mais aclamados pela crítica”, disse Gaga.

Escrito por Douglas Françoza

Com banda afiada, Jão libera performance ao vivo de “Santo”

Little Mix lança álbum, fala sobre feat. com Pabllo Vittar e futuro do grupo