in

Lady GaGa diz que não usa a comunidade gay para vender mais discos

http://images.eonline.com/eol_images/Entire_Site/201165//293.gaga.lc.070511.jpgNa capa da nova edição da revista The Advocate, Lady GaGa não escapou das perguntas sobre criticas em relação a sua carreira. A cantora, que apelidou seus fãs de “little monsters” – monstrinhos, em tradução livre -, negou que usa a comunidade gay para promover seus discos.

Quando questionada sobre estar sempre próxima aos gays seria uma estratégia para vender discos, GaGa disse que esse tipo de declaração é completamente absurda e que o mais importante para ela é lutar  por “justiça social e igualdade”, além de sua paixão pela arte, por seus fãs e sua família. “Eu diria que a coisa mais importante, que eu penso todos os dias da minha vida, além dos meus fãs e meu amor pela minha música, minha família e minha saúde, é a justiça social.”, desabafou a cantora de “The Edge f Glory”.

Na mesma entrevista, Lady GaGa disparou que sabia que seu status de celebridade a faz ser alvo de inúmeros boatos. “Os rumores são disparados em mim como um ser um hamo. Vem  por eu ser uma artista e figura pública.”, adicionou.

Escrito por Redação POPLine

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fotos e vídeo do Meet and Greet na HMV!

Entrevista – Revista OPEN: Dulce María, Sensualidade no sangue!