in ,

Kylie Minogue encerra primeira noite do Festival GRLS com excelência pop

Divas são divas não é por um acaso. Elas alcançam este status por talento, carisma e conexão com um público, independente do tempo. Ontem São Paulo teve a chance de assistir ao show de uma das divas mais importantes da música ao vivo e a cores no Festival GRLS: Kylie Minogue. O resultado? Uma aula de pop e uma entrega absolutamente sem igual.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por GRLS! (@festivalgrls) em

Kylie subiu ao palco cerca de quinze minutes antes do horário previsto para a felicidade dos fãs, que já a esperavam há muitas horas apinhados na frente do palco. Elegante como poucas, a cantora surgiu de branco, com um blazer bordado a palavra “Brasil” em pedras, por trás de um dos espelhos que compunham o cenário. Em sua primeira fala, ela já arranhou um português, criando conexão imediata com a plateia: “Oi São Paulo! Tudo bem?”.

A australiana estava visivelmente feliz por estar de volta ao país após 12 anos. O sorriso não deixava seu rosto nem por um segundo e uma sequência de “oh my God” a cada vez que o público cantava suas músicas do início ao fim. Ela chegou a falar do último show que fez na cidade e como o mesmo foi marcante para ela. Kylie agradeceu muito aos fãs e repetiu inúmeras vezes o quão mágica estava sendo aquela noite e ela realmente foi mágica para todos que estavam ali.

Grandes sucessos entraram no repertório, como “In My Arms”, “Get Outta My Way”, “In Your Eyes”, “Slow”, “Can’t Get You Out Of My Head” e “Come Into My World”, primeira performance desde 2016. “All The Lovers” foi sem dúvida um dos momentos mais emocionantes do show, quando os fãs levantaram balões vermelhos em forma de coração, além de “Your Disco Needs You”, que não estava na setlist e foi iniciada pelo público e Kylie seguiu cantando acapella e logo depois foi acompanhada pela banda em uma estrofe e refrão da música. Destaque também para a performance de “The Loco-Motion”, single de 1987 – absolutamente especial.

Para muito além de uma sucessão de hits, Kylie Minogue entregou tudo que queremos de um super show pop. Cenário itinerante (com elementos do show que ela apresentou no festival Glastonbury), trocas de roupas (com direito a troca de sapatos em todas as vezes), lindas projeções, coreografias, bailarinos bem ensaiados e uma banda impecável. Levando em consideração sua experiência no mercado, era de se esperar uma grande apresentação, entretanto Kylie fez muito mais. Ela serviu não só a essência do pop, como o melhor deste gênero.

Uma artista de 51 anos que não queria sair do palco e adicionou músicas até o último segundo permitido. São atitudes como esta, totalmente fora de script, que fazem a gente acreditar que a música é arte e não apenas um produto rentável a ser entregue. Kylie Minogue é legítima, conhece bem os desejos dos seus fãs e demonstra a todo momento o quanto ainda é feliz e realizada desempenhando o seu papel como cantora.

Definitivamente um dos melhores shows de música pop no Brasil dos últimos anos.

Escrito por Mari Pacheco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Depois de revelar gravidez, Katy Perry se apresenta na final da Copa do Mundo de Críquete Feminina

RESUMÃO: entenda a briga entre Manu Gavassi e Victor Hugo no “BBB”