in

Karol Conka faz música inédita e tem participação de Daniela Mercury em celebração aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Karol Conka escreveu uma canção intitulada “A música que todos deveriam saber a letra”. Esse título tem um motivo bem nobre. Feita em celebração aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, a letra traz uma versão musicada dos 30 artigos referentes a esses direitos. Daniela Mercury também participa cantando um trecho.

Um clipe foi lançado no último final de semana, fazendo questão de evidenciar a diversidade. A iniciativa foi do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) com o apoio da União Europeia.

“Um projeto que dá harmonia ao texto da Declaração Universal. O resultado emociona. Revela os graves problemas que lidamos no dia-a-dia e que têm relação direta com a declaração universal, e é, por isso, importante que ajudemos a difundir a essência dessa declaração”, disse a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ao site G1.

Assista:

Escrito por Caian Nunes

Manu Gavassi confessa que se apaixona por seus pares românticos com vídeo descontraído

Miley Cyrus diz que quer iniciar uma amizade com Ariana Grande: “eu sinto que ela precisa”