in

Kanye West: Novo disco é número 1 e 6 indicações ao Grammy

Certamente um dos momentos pop mais comentados e debatidos atualmente, o arrojado e controverso novo álbum de Kanye West, 808s & Heartbreak, ressoou em ouvintes do mundo inteiro; assim como seus três álbuns anteriores, 808s emplacou no topo das paradas.

Chamar o 808s de ‘partida’ da assinatura da música de West é mais uma simplificação exagerada do que economia de palavras. A Rolling Stone se refere ao álbum como o Sangue de West nas Faixas enquanto outros chamaram de sua melhor criação (Kid A); ambos momentos divisores de águas no desenvolvimento criativo que acontece com artistas lendários. No mínimo, o ganhador de 10 prêmios Grammy ampliou a idéia sobre sua música. Pop global, ritmos tribais, contemplando eletrônicos atmosféricos e absolutos mixados habilmente com melodias inovadoras e grandes hinos. Uma coisa está clara: Muito raro e ainda mais arriscado é o momento quando um artista pop tão aclamado e de tamanha influência e sucesso mundial lança um disco que é pura obra de arte, um desabafo criativo cru. No 808s, a destruição de fronteiras musicais de West acabou de vez com as limitações do gênero.

O experimento foi perigoso e controverso, mas recompensador. Como Kanye disse no seu blog essa semana: “As pessoas se perturbaram com este álbum, não foi? Que bom!” Em uma recente entrevista para o MTV News, Kanye descreveu a fagulha que levou a este álbum. “Foi apenas o que estava no meu coração,” explicou Kanye. “Idéias que eu vinha tendo, melodias que estavam em mim – o que estava em mim e eu não conseguia parar.”

Gravado em apenas três semanas no Havaí, 808s and Heartbreak pulsa com urgência criativa. Da súplica hipnotizadora na abertura, “Say You Will”, ao fechamento dramático com o tributo “Coldest Winter”, 808s explora sentimentos de paranóia, culpa, isolamento, e finalmente Heartbreak – o nome que Kanye deu ao conjunto de auto-tune, atraso e distorção que usou para dar efeitos ao vocal.

“O novo brilhante álbum de Kanye foi re-afirmador para mim”, disse Antonio “LA” Reid, presidente da Island Def Jam. “Ele reafirma minha fé na força, energia e alegria da música, em um nível muito puro. Eu o parabenizo por isso.”

Na semana passada, Kanye recebeu 6 nomeações ao Grammy para Música do Ano por “American Boy” com Estelle, Melhor Performance de Rap de Dupla ou Grupo por “Put On” com Young Jeezy e “Swagga Like Us” com JAY-Z, T.I., & Lil Wayne, Melhor Rap/Colaboração em Canção por “American Boy” com Estelle, Melhor Canção de Rap por “Swagga Like Us” com JAY-Z, T.I., & Lil Wayne e Álbum do Ano por Tha Carter III (participação).

Ao concluir a parte internacional de sua turnê Glow In The Dark, com ingressos esgotados na Austrália esta semana, ele continuará divulgando o álbum 808s & Heartbreak, incluindo uma aparição no Saturday Night Live no próximo sábado, 13 de dezembro. Na semana passada, “Street Lights,” uma faixa do novo álbum foi apresentada em Grey’s Anatomy. Ao entrar no novo ano, West promete o lançamento de várias colaborações e iniciativas de design e moda, bem como a continuação de viagens e aventuras musicais. Fique ligado…

Escrito por Portal POPLine

Fresno grava novo clipe com atriz da Globo e ex-vj da MTV

Recorde: Linkin Park com tudo na internet