Foto: Reprodução YouTube
in ,

K-pop: Rapper faz exposed polêmico sobre contrato de trainees

Restrições sobre namoro, invasão de privacidade e falta de ajuda psicológica foram alguns dos assuntos abordados…

A rotina dos trainees que desejam se tornar idols sul-coreanos dá o que falar entre os fãs de K-pop. Isso porque pouco se sabe sobre as reais condições que os artistas são submetidos até que eles possam debutar. Uma rapper chamada Grazy Grace, no entanto, fez recentemente um exposed polêmico sobre os detalhes de sua experiência como trainee!

Foto: Reprodução Instagram/@gebabyk

A relação entre as empresas de K-pop e os artistas sempre gerou controvérsias e, conforme noticiado pelo site Koreaboo, recentemente o governo sul-coreano padronizou um novo contrato para os trainees que desejam debutar.

Esse novo contrato chegou até Grazy Grace, que já foi trainee. Em seu canal no YouTube, a rapper falou sobre algumas das cláusulas contratuais, expondo polêmicas sobre sua experiência durante o treinamento.

Duração do contrato

A publicação afirma que alguns trainees passam até uma década se preparando para debutar, enquanto outros levam semanas ou meses de treinamento. Mas, por quanto tempo é permitido que uma empresa mantenha um trainee?

Atualmente, o contrato de um trainee não pode passar de três anos. Porém, após o término deste período inicial, o trainee é livre para renovar ou não por mais tempo.

Grazy Grace, por sua vez, ressaltou que essa restrição é muito importante quando se trata de trainees muito jovens. A rapper aponta que idols como Jihyo do TWICE e G-Dragon do BIGBANG, por exemplo, começaram a a treinar aos oito anos de idade.

Jihyo do TWICE
Foto: Reprodução Internet

Taxas de treinamento

Empresas consolidadas, como SM Entertainment e JYP Entertainment oferecem treinamento sem qualquer custo para os trainees. O Koreaboo ainda afirma que, conforme revelado por alguns idols, tem gente que até recebe uma certa “mesada pessoal”. Porém, no caso de empresas menores os trainees são obrigados a pagar pelo treinamento.

Infelizmente para trainees de pequenas empresas, isso é completamente legal de acordo com o contrato padrão. Entretanto, os termos estabelecem que a quantia de dinheiro que eles pedem não deve ser “injusta” quando se trata do valor dos serviços prestados.

Invasão de Privacidade

Grazy Grace foi trainee no início de 2010, mesma época que os integrantes do BTS, por exemplo. Segundo ela, os funcionários da empresa tinham acesso constante aos celulares dos trainees para ver se eles estavam namorando ou revelando detalhes do treinamento.

No contrato atual, implementando muito depois de Grazy Grace parar de treinar, uma cláusula afirma que uma empresa “não pode infringir a privacidade ou os direitos pessoais de um traine a não ser por razões que envolvem o treinamento”.

Embora não esteja claro o que constitui uma razão válida para verificar o celular de um trainee, parece que as empresas podem ter mais dificuldade em interferir atualmente.

Foto: Reprodução YouTube

Atividades criminais

Dessa forma, a empresa está proibida de interferir na vida pessoal do trainee, desde que ele não cometa atos criminosos…

De acordo com o contrato atual, nenhum trainee pode estar envolvido em qualquer atividade criminosa, como consumo de bebidas alcoólicas, drogas, golpes, assédios, etc.

Está cláusula existe para proteger a integridade da empresa, que pode interromper o contrato de qualquer trainee que esteja envolvido em tais problemas.

Saúde Mental

Saúde mental é um assunto muito discutido na indústria do K-pop, principalmente por conta do número de idols que já cometeram suicídio – como foi o caso de Kim Jonghyun, do SHINee.

Foto: Reprodução Internet

Desde artistas como Suzy, até Heechul do Super Junior, muitos idols já abriram o jogo sobre suas lutas contra depressão. No caso dos trainees, não é muito diferente, já que enquanto treinam eles não têm apoio dos fãs durante os momentos difíceis.

Mas, conforme explícito no contrato atual, é dever da empresa “ajudar no tratamento” de qualquer trainee que desenvolva problemas psicológicos. Infelizmente, segundo Grazy Grace, na época em que era trainee ela não podia receber ajudar para tratar sua depressão e insônia.

Falta de treinamento

Outra quuestão que é recorrente entre os fãs de K-pop é que as empresas “não cumprem” suas obrigações com os idols em termos de organização e promoção de comebacks. O mesmo problema também se estende para os trainees, que, segundo o Koreaboo, já revelaram não receber nenhum treinamento de empresas menores.

Porém, o contrato padrão permite que os trainees possam atualmente “discutir o cumprimento adequado das obrigações da empresa” a qualquer momento.

Grazy Grace reforçou que isso é muito importante, principalmente porque muitos trainees podem não se sentir à vontade para pedir melhores condições de tratamento e até informações financeiras.

Obrigações

Os direitos dos trainees estão muito bem explícitos no contrato atual, mas ele também incluiu algumas obrigações que eles precisam cumprir. Por exemplo, as empresas devem fornecer treinamento de canto, dança, rap, atuação ou outras habilidades relevantes, e os trainees precisam fazer de tudo para sempre estarem melhorando.

Os termos do contrato estabelecem que “os trainees devem fazer o melhor para melhorar suas qualidades” e “devem dar seu melhor no sistema de treinamento fornecido”. As empresas também podem “pedir ao trainee que cumpra fielmente seu dever”.

Isso, provavelmente, significa que os trainees que não estão mostrando nenhuma melhoria em suas habilidades podem ter seus contratos rescindidos antes que o período acordado termine.

Assista ao vídeo complete de Grazy Grace, em inglês, a seguir:

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Lauren Jauregui critica imprensa por beneficiar direita

Lauren Jauregui critica imprensa por beneficiar direita

Facebook anuncia mudanças para Páginas, descubra as novidades