in ,

K-Pop: J.Y. Park e Sunmi entram no clima de uma discoteca retrô no clipe “When we DISCO”

Tem lançamento no mundo do K-Pop! Trata-se de “When we DISCO“, uma parceria de J.Y. Park e Sunmi. No mercado ocidental, a vibe dançante retrô veio com força e isso também está se refletindo no outro lado desse mundo. Essa é uma prova!

J.Y. Park e Sunmi fazem sucesso no K-Pop
Foto: Divulgação

O clipe é ambientado em uma discoteca, com muita dança, luz e energia. A sonoridade também tem tudo a ver com o que se ouvia nas últimas décadas do século passado. Uma viagem no tempo! Apesar da tendência do estilo na atualidade, os artistas envolvidos neste lançamento já faziam isso há alguns anos e continuam fazendo com maestria.

Assista:

Com legendas

O fã-clube brasileiro da Sunmi teve o capricho de fazer legendas traduzidas para que todos entendam! Confira:

Sunmi

Sunmi ficou muito conhecida como integrante do grupo Wonder Girls, que ficou na ativa entre 2007 e 2017. Depois disso, ela saiu em carreira solo, fazendo sucesso com músicas como “Gashina“, “Heroine” e “Siren“. Aos 28 anos, ela já tem dois álbuns solo lançados.

J.Y. Park

J.Y. Park é um magnata da indústria do K-Pop. Ele é executivo e principal fundador de sua própria empresa de entretenimento, a JYP Entertainment. Faz parte dessa empresa grandes nomes como GOT7, TWICE e JJ Project.

Apesar de investir como empresário, dando muito certo nesse ramo, ele é cantor ocasional. Lançou seu primeiro álbum em 1994, somando sete discos e seis EPs.

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Após manifesto de 70 mil pessoas contra Kylie Jenner em "WAP", Cardi B defende a participação da socialite no vídeo. Foto: Divulgação

Após manifesto de 70 mil pessoas contra Kylie Jenner em “WAP”, Cardi B defende a participação da socialite no vídeo

Compositor de 'Tchê Tchê Rere' revela que ganhou R$ 5 milhões com direitos autorais e critica "falta de humildade" de Gusttavo Lima. Foto: Divulgação

Compositor de ‘Tchê Tchê Rere’ revela que ganhou R$ 5 milhões com direitos autorais e critica “falta de humildade” de Gusttavo Lima