(Foto: Divulgação)
in ,

K-Pop: Os artistas para se prestar atenção em 2021

O K-Pop já provou que não é só um fenômeno, uma modinha, e em 2021 promete crescer ainda mais.

Amparado pelo mega sucesso dos grupos BTS e BLACKPINK, o K-Pop, como é conhecida música pop proveniente da Coreia do Sul, cresceu exponencialmente, arrebatou recordes mundiais e históricos e mostrou ao mundo que não é só uma modinha: o K-Pop veio pra ficar.

K-Pop: Os artistas para se prestar atenção em 2021

E com os holofotes voltados para o gênero, outros artistas do K-Pop, já consolidados na Coreia do Sul, ganharam ainda mais fama ao redor do mundo. E outros tantos já iniciaram suas carreiras como grandes artistas globais.

Pensando nisso (e já querendo imaginar o que vai dar o que falar em 2021), o POPline me designou (como um dos jornalistas que mais consome K-Pop na redação) para escolher alguns nomes para a gente prestar atenção no ano que se inicia.

A formação da lista

Para a minha lista, resolvi, além de realizar pesquisas na internet, conversar com alguns amigos que, inclusive, consomem K-Pop ainda mais do que eu. Nas conversas, alguns nomes apareceram quase como unanimidade e apenas uma artista solo foi citada.

Em outro momento, alguns nomes de artistas que ainda não bombaram tanto fora da Coreia do Sul me chamaram a atenção e aqui começo a lista:

EVERGLOW

EVERGLOW. Formado por seis garotas, o grupo estreou em 2019 e já chamou a atenção, não só dos fãs habituais de K-Pop, mas do mundo todo, ao trazer para o gênero as influências oitentistas do chamado Pop “Retro-futurista” que está dominando as paradas globais em 2020. Não a toa, “LA DI DA” foi escolhida pela Billboard como a melhor música de K-Pop de 2020.
Mas a pergunta que fica agora é: Qual o futuro do EVERGLOW? Teremos um álbum completo em 2021 ou será mais um EP? Elas seguirão a tendência oitentista ou arriscarão mais uma mudança sonora? Estamos ansiosos.

aespa

Outro grupo que já chegou chegando, chamando a atenção foi o aespa. Quarteto da gigante SM Entertainment, já estreou com status de supergrupo. Misturando imagens reais e avatares virtuais, o conceito do grupo engloba essa digitalização do mundo, que vem ganhando ainda mais destaque com o avanço da tecnologia.
O aespa lançou apenas um single até agora, a música “Black Mamba”, que alcançou o Tp 5 na Parada de Digital World Songs da Billboard.
Apesar de uma estreia bem tímida na Coreia do Sul, o universo do K-Pop espera muito do grupo aespa e 2021 elas podem finalmente estourar.

ITZY

Também estreantes em 2019, assim como o EVERGLOW, as meninas do grupo ITZY, da JYP Entertainment, não são novatas quando se fala de sucesso. Com três EPs lançados até hoje, sendo dois somente em 2020, o quinteto já possui dois primeiros lugares na Coreia do Sul e todos os seus singles estiveram no Top 10 do país, incluindo um deles em primeiro lugar.
Com esse sucesso meteórico em apenas um ano desde sua estreia, o grupo ITZY se torna um dos nomes a se prestar atenção em 2021 e um álbum completo pode ser esperado pelos fãs das meninas.

STRAY KIDS

Formados em um reality show em 2017, o STRAY KIDS já nasceu como um grupo superstar. Formado por 8 integrantes, o grupo lançou seu primeiro álbum neste ano de 2020 e alcançou o topo da parada da Coreia do Sul e ganhou forte destaque na Billboard, com dois Top 5 na parada norte-americana. Grande força no mercado fonográfico sul-coreano, o grupo STRAY KIDS tem tudo para estourar ainda mais em 2021.

ENHYPEN

Da mesma gravadora do BTS, temos ENHYPEN. Um grupo de garotos formado por sete integrantes, foi criado por meio de um reality show onde os mais votados do público foram escolhidos para integrar o ENHYPEN.
Sua estreia aconteceu em 2020 e já chegou com recordes. O seu primeiro EP, o “Border: Day One”, ganhou o título de maior estreia de um grupo de K-Pop, com mais de 288 mil unidades vendidas em sua semana de lançamento.
O feito, claro, colocou os holofotes voltados para os garotos, que deverão conquistar ainda mais destaque em 2021.

CHUNG HA

A única solista nos comentários e conversas com meus consultores, Chung Ha é uma ex-integrante do grupo I.O.I, formado no reality show “Produce 101”. Com o fim do grupo em 2017, Chung Ha então partiu para sua carreira solo.
Com quatro EPs lançados, sempre aparecendo forte na parada sul-coreana, Chung Ha traz aquele apelo, aquela vibe que ficou famosa nas mãos e no talento de BoA.
Seu primeiro álbum já foi anunciado e deverá ser lançado em 2021, dando a ela um maior destaque e reconhecimento no universo do K-Pop.

E os disbands?

Disband é sempre uma palavra assustadora para fãs de grupos, sejam de K-Pop ou não. Mas como no K-Pop tudo é muito intenso, até nos contratos, o governo sul-coreano precisou intervir na “exploração” dos artistas da música do país pelas suas gravadoras e agências de talento.

Em 2009, o governo restringiu os contratos de artistas do K-Pop para um máximo de 7 anos, portanto, em 2021, alguns grupos chegarão ao fim de seus contratos e poderão, possivelmente, acabar. São eles:

Red Velvet
GOT7
MAMAMOO

Mas nem tudo é tristeza no mundo do K-Pop. Assim como uns grupos acabam, outros tantos estão planejados para estrear em 2021. Grupos, artistas solo, retorno de nomes consagrados… Enfim, o ano que se inicia promete muito para o mercado sul-coreano de música e pode sim esperar um crescimento ainda maior do que foi em 2020, especialmente se o mundo conseguir sair dessa pandemia e shows, turnês, apresentações em programas de TV com plateia possam acontecer normalmente novamente.

Aí a gente sabe: o K-Pop sabe fazer isso tudo muito bem. Os ocidentais que lutem.

Escrito por Kavad Medeiros

“BBB 21”: veja 10 famosos mais cotados para reality show!

Lorena Vieira e DJ Rennan da Penha terminam relacionamento