Justin Timberlake e Beyoncé. Foto: Instagram
in

Justin Timberlake: “Beyoncé é a maior artista de todos os tempos”

Em entrevista, cantor deu detalhes sobre o processo de composição para a cantora

Aclamada dentro e fora do universo musical, Beyoncé acumula fãs por onde quer que passe. E não é muito difícil encontrar admiradores famosos da estrela. Desta vez, foi Justin Timberlake que provou ser um beyhive raiz, exaltando o trabalho da cantora. A declaração surgiu durante uma entrevista para a “Interview Magazine”, num bate papo sobre música com Ty Dolla $ ign.

Quando o assunto foi o fato de se preocupar em compôr uma música de sucesso para outros artistas, Justin foi categórico. “A única pessoa que acho que tive que pensar muito sobre isso foi com Beyoncé. Ela é a melhor cantora de todos os tempos, então, você fica tipo, ‘Ah, eu não posso escrever agora. Não consigo escrever melodias medíocres’. Quando você escreve para outras pessoas e não para você mesmo, é como, ‘O que eu quero ouvir esse artista fazer?'”, declarou.

A conversa toda fez parte de uma debate dos dois cantores para a publicação. Em seu terceiro álbum, Ty Dolla $ ign aposta em de 25 faixas, com parcerias do mundo do rap. No entanto, há pouco tempo, ele se viu mais uma vez no estúdio, desta vez, ao lado de Justin Timberlake, onde os dois artistas pararam de fazer música para discutir os mistérios por trás das composições.

Compositor e instrumentista, Justin ainda revelou que só aprendeu piano para criar suas próprias canções. O processo, no entanto, nem sempre é pessoal. Apaixonado por cinema, Justin revela que muitas veze se inspira em personagens de filmes para suas músicas. “Eu sou cinéfilo, então, quando recebo uma vibração de uma música, eu automaticamente penso em um personagem em um filme que eu quero tocar quando canto em uma batida”, diz.

(Foto: Divulgação)

Fato que ocorreu em um de seus maiores sucesso de carreira solo, “Sexy Back”. Além de não ser autobiográfica, o uso de efeitos na voz distanciou ainda mais a persona de Timberlake da composição. “Isso é o que eu sempre disse sobre músicas como ‘Sexy Back’. A razão pela qual passei minha voz por um amplificador de guitarra foi porque não queria ser reconhecível como eu. Eu queria que quem quer que estivesse cantando a música – caras, garotas, quem quer que fosse – se sentisse como se eles fossem quem estava na faixa”, diz ele.

Escrito por Leonardo Rocha

“Wonder”: Shawn Mendes revela tracklist do álbum, com possível parceria com Justin Bieber

Podcast: Xamã dá detalhes do álbum “Zodíaco” no programa POPline na FM O Dia