Foto: reprodução/@justinbieber
in ,

Justin Bieber arrecada fundos para apoio à vítimas de terremoto no Haiti

Terremoto deixou mortos e desabrigados no último mês

Um bom moço! Justin Bieber lançou uma campanha de arrecadação de fundos para prestar apoio e assistência ao povo do Haiti, nesta quarta-feira (1/09), que tenta se reerguer após um terremoto devastador no último mês. Para isso, ele se uniu em parceria com a Proplr e a Project Medishare, uma organização sem fins lucrativos que fornece recursos humanos, técnicos e médicos ao Haiti.

E, claro, Bieber fará sua parte com muita música. É que o artista, de 27 anos, está oferecendo uma viagem para dois a Las Vegas, nos Estados Unidos, que inclui voos, acomodações, ingresso para seu show na T-Mobile Arena, além de uma experiência de meet-and-greet aos participantes e fãs que colaborarem com a ação humanitária que o canadense está promovendo.

Ranking: artistas com mais semanas no Top 10 da Billboard
(Foto: Reprodução / Instagram @justinbieber)

“A Medishare4Haiti está no terreno fornecendo cuidados médicos críticos e distribuindo alimentos e kits de higiene para famílias afetadas pelo devastador terremoto de magnitude 7,2 no Haiti. Estabelecemos um leilão com Proplr para arrecadar fundos para seu trabalho de salvamento”, escreveu Justin em seu Twitter.

Além disso, o astro pop anunciou um leilão de uma arte original, bem como um evento exclusivo de Nova York, durante a semana de 12 de setembro, é parte da arrecadação de fundos para o Haiti, beneficiando o país após o terremoto de 7,2 na escala,  em 14 de agosto, que deixou mais de dois mil mortos e mais de 12 mil desabrigados e precisando de ajuda médica. 

Anitta aparece em foto postada por Justin Bieber
(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

Ah, os Beliebers também podem ter acesso a mercadorias exclusivas se doarem para a arrecadação de fundos, que tem capacitado os haitianos e trabalhando para melhorar a qualidade de suas vidas desde 1994. O Haiti ainda está se recuperando de um terremoto de magnitude 5,9 em 2018 que matou mais de uma dúzia de pessoas. O país também está no meio de uma crise política, após o assassinato do presidente Jovenel Moïse em julho.

 

Escrito por Leonardo Rocha

Série documental “Behind The Music” estreia na Paramount+

Drake usa “óculos” de Soulja Boy em vídeo após briga com Kanye West