Finalistas BBB 21
Foto: Globo / Gshow / Globoplay
in ,

Juliette fala de brigas com Gil: “nunca deixei de gostar”

Relação de Juliette e Gilberto no BBB 21 foi de altos e baixos.

O BBB 21 chegou ao seu último dia (todos ficaremos com saudade). Dentro da casa, os três finalistas estão no clima de retrospectiva, relembrando o que aconteceu. Juliette ainda está superando a saída recente de Gilberto, que ficou em quarto lugar, e falou em conversa com Camilla de Lucas sobre a relação dos dois.

A amizade de Juliette e Gilberto foi de altos e baixos. Se no inícios eles eram super aliados no G3 (ainda com Sarah), teve uma época em que eles se estranharam por conta de opiniões divergentes e realmente se afastaram.

BBB 21 Juliette campeã
Foto: Globo / Globoplay

Juliette garante que nunca deixou de gostar do Gil, apesar das brigas. Ela ressalta que se desentendeu com outros participantes, mas com Gil foi mais forte. Mesmo assim, não há mágoa.

Leia o que Juliette falou:

“Teve uma vez que conversei com ele [Nego Di] e com Projota de uma vez e os dois me colocaram na parede, aí Gil me ajudou. O Eles ficavam perguntando: ‘como? quando?’. Eu não sabia responder, o Gil correu e me ajudou. Porque o Gil, a gente era um esculhambando o outro, mas a gente se defendia. Depois disso tudo, o Gil preferiu botar o Caio do que me botar [no paredão]. Foi ali que eu disse: ‘Ele realmente gosta de mim'”, contou Juliette, lembrando de uma formação e paredão onde foi Salva por Gil após um empate na votação, colocando Caio na berlinda.

Eu gosto dele, nunca deixei de gostar dele em momento nenhum. Eu gosto muito do Gil, quero muito ser amiga dele. Eu tentei ajudá-lo da forma que eu podia, mas depois que ficou a treta grande, eu estourei“, concluiu a finalista.

O vídeo está disponível no Globoplay.

Após sair do BBB, Gilberto dá opinião sincera sobre Juliette

Eliminado do “BBB” em um paredão memorável, Gilberto está assimilando todas as informações que recebeu desde que deixou o programa. Em entrevista a Globo, o agora ex-BBB deu sua opinião sincera sobre Juliette – que ora foi sua aliada e ora foi adversária no jogo. “A Ju é uma querida, uma pessoa sensacional de quem eu gosto muito. A gente teve, sim, nossas situações. Eu sou aquela pessoa que pensa uma coisa, surta, cria ideias. Desde o primeiro dia, eu disse isso, que desde criança eu crio coisas na minha cabeça”, diz.

A gente que vem de uma realidade mais dura, de muito preconceito, aprende a desconfiar das pessoas porque o tempo inteiro vê isso. Eu chegava em um lugar, olhava para o lado e via um olhar diferente. Talvez nem todos os momentos que eu percebi havia um preconceito contra mim, mas era a única coisa que eu conseguia enxergar. A minha vida por muito tempo era enxergar preconceito e maldade – aquilo me blindava. Quando eu entrei no BBB, a Ju era muito idêntica a mim e isso foi maravilhoso. Quando a gente se conectou, eu não conseguia ver nada de ruim nela, mas, em algum momento no jogo, eu comecei a ver muita coisa de muita gente. Fiquei surpreso e comecei a desconfiar, sim, da casa toda”, lembra.

O que gerou essa desconfiança? Comentários na casa, principalmente. Ele admite que foi muito influenciado. “Eu comecei a ver que ela tinha muitas características do Nordeste e era algo que me tocava muito. As pessoas me falavam que ela poderia estar usando isso porque sabia que era meu ponto fraco. Aí eu já começava a criar coisas na minha cabeça e tudo mais”, admite.

Eu não me isento do meu julgamento com a Ju, mas tem toda uma questão por trás. Graças a Deus eu consegui pedir desculpas, me resolver com ela e seguir o meu jogo. Espero que sejamos amigos aqui fora”, completa.

Escrito por Caian Nunes

Olivia Rodrigo canta “Driver’s License” e “Deja Vu” em especial da MTV

BBB 21 final

BBB: Na seca! Finalistas comentam sobre sexo pós-confinamento