in ,

Jorge e Mateus são os primeiros a gravar o “Spotify Singles” no Brasil e regravam clássico da Legião Urbana

Nada é por acaso! Jorge e Mateus são os artistas mais ouvidos pelos brasileiros na última década no Spotify, de acordo com o relatório divulgado nesta última semana pela plataforma. E possivelmente foi esta a razão da dupla ter sido escolhida para estrelar o primeiro “Spotify Singles” gravado no Brasil.

Foto: Divulgação/Spotify

Com 5,5 milhões de ouvintes mensais, mais de 10,6 milhões de seguidores e mais de 2,2 bilhões de streams, Jorge e Mateus entraram para uma seleta lista que inclui Ed Sheeran, Shawn Mendes, Taylor Swift, Demi Lovato, Elton John, Paul McCartney e Anitta (que gravou o seu projeto fora do país).

Como parte do projeto, o artista seleciona uma música de seu repertório para uma versão exclusiva, assim como escolhe uma cover para regravar. A dupla apresentou um novo arranjo para a faixa “Mil Anos”, bem como uma releitura de “Quase Sem Querer”, uma das canções mais icônicas da Legião Urbana. O POPline foi convidado para acompanhar a gravação do projeto no Mosh Studios, em São Paulo. Conversamos com Jorge, que falou sobre o convite e o motivo de escolherem um clássico da banda liderada por Renato Russo.

“Este é um projeto internacional do Spotify, mas não significa que estejamos vislumbrando uma carreira lá fora. Tem a Anitta que está indo bem, mas a barreira da língua é complicado. Mas estamos muito felizes com o convite para fazer este projeto aqui no Brasil. Regravar uma música da Legião Urbana foi uma escolha natural, por mais estranho que possa parecer. O Mateus tem uma história bacana com o tio dele que era muito fã. Mas a banda influenciou a nossa geração, sempre gostamos desde moleques e também faz parte das nossas apresentações”, contou.

Dupla ganha grafite de 30 metros em prédio em Goiânia, berço da música sertaneja

Para divulgar o “Spotify Singles”, a dupla ganhou um grafite de 30 metros em prédio em Goiânia, berço da música sertaneja. O responsável pelo grafite é o artista Luan Ribeiróvisk, bastante reconhecido por sua identidade única. Essa verdadeira obra de arte de quase 30 metros está estampada na Avenida Anhanguera, na altura do número 4.349, em Goiânia.

Dupla acumula números impressionantes

Jorge e Mateus vão completar 15 anos de carreira em 2020 e seguem colecionando diversos sucessos e milhares de fãs em sua trajetória. Com turnê internacional no currículo e indicação ao Grammy Latino (2015), a dupla é considerada atualmente uma das mais relevantes no país, figurando sempre no topo das paradas musicais dos principais serviços de streaming e entre as mais tocadas nas rádios brasileiras.

No Spotify, Jorge e Mateus são os artistas mais ouvidos pelos brasileiros na última década. Com mais de 162 milhões de plays, “Propaganda” é a segunda música mais ouvida do Brasil na década, ficando atrás apenas da internacional “Shape of You” de Ed Sheeran. A dupla está no Top 10 artistas brasileiros mais ouvidos do ano e a faixa “Tijolão”, com 90 milhões de plays, figura no Top 10 das músicas mais ouvidas pelos brasileiros em 2019.

“Por incrível que pareça, eu e Mateus não somos tão ligados em números. Nosso feedback é no show. Se a galera canta com a gente, é porque a música está rolando legal. Infelizmente a gente ouve falar de muitas pessoas que usam de meios ilícitos pra conseguir números. Por isso nos guiamos pelo que acontece nos shows. A questão estatística é legal, mas se não acontece essa interação entre artista e público, é porque tem algo errado”, avalia Jorge.

Próximos passos da dupla

A dupla tem vários projetos em mente. Entre eles, fazer o registro audiovisual do show “Único”. Jorge contou que ainda estão formatando como isso vai acontecer. “A gente iniciou este projeto no ano passado. No próximo ano temos nove cidades para tocarmos pelo Brasil onde devemos fazer um registro disso tudo. Mas ainda é um processo inicial que deve sair do papel logo logo.”

Ainda que Jorge e Mateus estejam de olho em 2020, os fãs já terão novidades ainda este ano. “Este mês a gente lança uma música com o Alok, que é uma coisa que já está sendo ensaiada há muito tempo e vai sair do forno com mais duas faixas que vão completar um EP de 5 músicas. Pra março a gente grava um DVD acústico e no fim do ano que vem mais um EP com cinco músicas. Foi o que a gente programou e tomara que dê tudo certo”, torce.

Outro projeto é registrar em estúdio uma parceria com Marília Mendonça. A segunda artista mais ouvida pelos brasileiros na última década no Spotify já fez o convite há algum tempo, contou Jorge. “Ela engravidou nesse tempo e algumas coisas dos projetos dela foram adiados. Estamos só esperando ela falar ‘meninos, estou pronta’. A música já está escolhida, mas provavelmente vai rolar depois dela ter o bebê. Vai dar essa atrasadinha, mas está confirmadíssima essa colaboração.”

Na noite deste domingo (8), Jorge e Mateus conversaram com Tadeu Schmidt sobre este projeto com o Spotify dentro do programa “Fantástico”, na TV Globo. Assista:

Escrito por Daiv Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iggy Azalea anuncia novo álbum para 2020

De olho nas paradas, Lizzo estreia um clipe novo para “Good As Hell”