Foto: Reprodução de internet
in ,

João Gordo abre novo perfil no Instagram após ataques bolsonaristas

Conta anterior do vocalista do Ratos de Porão tinha mais de 200 mil seguidores

No último sábado (17), João Gordo tornou-se mais uma vítima de ataques bolsonaristas. Após uma enxurrada de denúncias, o perfil oficial do vocalista do Ratos de Porão no Instagram foi bloqueado. Tudo por conta de publicações onde se manifestava contra o presidente Jair Bolsonaro. Porém, o artista já está com novo perfil @jotagerdp e recuperou parte dos mais de 200 mil seguidores do perfil original.

Foto: Fabio Massari

Até o fechamento desta matéria, Gordo acumulava mais de 77 mil seguidores em seu novo perfil. De acordo com a notícia veiculada pela Mídia Ninja, a conta era o principal meio de comunicação do apresentador e de sua esposa Vivi Torrico para divulgar ações solidárias.

Um dos projetos que João Gordo participa é o “Solidariedade Vegan”, que realiza entrega de marmitas veganas para pessoas em situação de rua em São Paulo. No último domingo (18), Gordo publicou informações sobre uma ação na Praça Salim Farah Maluf, em Santo Amaro, onde colaborou na realização de um “banho solidário”, além da entrega de toucas, meias, cobertores e 150 marmitas.

Em um dos novos posts, o artista publicou uma charge onde está escrito: “Se está incomodando é porque está dando certo!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por joaogordoficial (@jotagerdp)

Apesar das ações afirmativas que costumava publicar no perfil derrubado, Gordo e a esposa Vivi acreditam que para além das antigas publicações contra Bolsonaro, muitos ficaram revoltados com os posts feitos após a derrota do Brasil para a Argentina, em pleno Maracanã, na final da Copa América. A Seleção de Messi não conquistava um título oficial desde 1993.

Por sua vez, o Instagram já havia censurado outros posts de Gordo por conta de uma camisa com o nome do grupo Facada, banda de grindcore de Fortaleza.

“Nós juntamos um monte de prints de bolsominions falando que o João estava incitando a violência colocando o Bolsonaro e, na parte de cima da camiseta, escrito Facada. O que eles não sabiam era que facada é o nome da banda, que existe bem antes da facada no presidente”, explicou Vivi no vídeo abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade Vegan (@solidariedadevegan)

* NOTA DE ATUALIZAÇÃO: A assessoria do Instagram entrou em contato com o POPline/ROCKline e enviou um comunicado acerca da reclamação feita por João Gordo. “Contas que violam repetidamente as Diretrizes da Comunidade do Instagram podem ser removidas“, disse um porta-voz do Facebook, empresa que adquiriu o Instagram em 2012.

Escrito por Daiv Santos

Justin Bieber grava vídeo explicando sucesso do BTS

K-Pop: BTS faz história e “Dynamite” bate 1 bilhão de streams

MC Don Juan é o convidado do “E Aí, POPline?” desta quarta