Foto: reprodução/Rede Globo
in ,

Ivete Sangalo faz forte discurso ao receber Troféu Mario Lago: “O Brasil é um país racista, homofóbico, de feminicídio e de ataque as minorias”

Ivete Sangalo brilhou ao receber o Troféu Mario Lago, no último Domingão do Faustão do ano. A cantora foi a grande homenageada no tradicional prêmio do programa dominical da Globo. Ela foi a primeira mulher da música a receber a honraria.

Reprodução: @ivetesangalo Instagram

Antes dela, nomes como Caetano Veloso, Gilberto Gil e Roberto Carlos já haviam sido agraciados com o troféu, símbolo de reconhecimento pela carreira de grandes artistas. Ao entrar no palco, a cantora relembrou a sua amizade com Fausto Silva, de quem recebeu muito apoio quando decidiu seguir em carreira solo após o sucesso com a Banda Eva.

Quando perguntada sobre a dimensão que sua carreira tomou desde a ruptura com o grupo de axé, a cantora respondeu que não imaginava. “Eu sou uma pessoa que não quer viver o inesperado, quero viver a experiência”, disse Ivete. “Essa angustia e essa necessidade de viver exatamente o que a gente quer, deixa a gente infeliz”, continuou.

Posicionamento

Ivete chamou a atenção do público ao se posicionar com firmeza em relação a realidade socioeconômica do Brasil, além de falar abertamente sobre feminismo, machismo e LGBTfobia. “O nosso país é racista, homofóbico e ataca as minorias”, disse a cantora.

“Nós somos conhecidos pelo mundo pela nossa alegria, pela nossa simpatia. Eu reconheço isso e sou muito agradecida por isso, mas eu acho que a de haver um reconhecimento de nossas falhas enquanto sociedade. O nosso país é o que mais mata homossexuais no mundo. O Brasil é um pais racista? Não. O Brasil é um país racista, homofóbico, de feminicídio e de ataque as minorias, que não são minorias”, disse a cantora.

A artista ainda fez uma breve análise sobre a desigualdade no Brasil:

“No direito, nós somos iguais. Nós somos um país feliz? Somos. Nós temos o cartão de visita? Temos. Mas a gente precisa apresentar o depois do encontro. O que vai acontecer neste relacionamento? Cabe a nós nos olharmos e refletir pra que a gente continue vibrando essa energia que estamos vibrando aqui”.

Confira o depoimento da cantora:  

Relembrando os sucessos

O público se emocionou quando Ivete cantou a música “Tempo de Alegria” enquanto acompanhava imagens de sua carreira sendo exibidas no telão do programa. Além desde momento, a artista apresentou um medley de suas músicas com a Banda Eva e também os sucessos do começo da carreira solo.

Em meio a depoimentos de personalidades como Gilberto Gil, Alcione e Antônio Fagundes, a cantora ficou emocionada ao cantar “Se Eu não Te Amasse Tanto Assim”. O discurso de Irene Ravache levou a artista baiana às lagrimas:

 

 

 

 

 

 

Escrito por Douglas Françoza

Cardi B vence batalha judicial contra ex-empresário

No ‘Fantástico’, Emicida, Pabllo Vittar e Majur fazem performance de “Amarelo” com outros artistas