in ,

Ivete Sangalo e seu histórico impressionante de feats

Se tem uma coisa que Ivete Sangalo produziu em grande quantidade ao longo de sua carreira são colaborações. Bem relacionada, desde o lançamento de seu primeiro álbum solo a cantora apresentou uma infinidade de parcerias que vão de grandes nomes da música popular brasileira, passando por bandas de rock, sertanejos, chegando a artistas internacionais e diferentes idiomas.

Na semana passada ela lançou “Me Liga” com Jão e “Na Janela” com Vitão, mas muito antes desses novos “feats” ou até mesmo popularização e da força desse formato no mercado fonográfico, Ivete já surfava nessa onda por escolha própria. Por conta disso, resolvemos revisitar o histórico de grandes parcerias de Ivete, que vão muito além do que muita gente imagina ou se recorda!

Ivete faz parceria com Jão e Vitão
Foto: Divulgação.

Logo em “Ivete Sangalo”, primeiro disco em carreira solo lançado em 1999, encontramos a romântica “Medo de Amar”, parceria com Ed Motta. Nos álbuns seguintes, “Beat Beleza” de 2000 e “Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso” de 2003, Gilberto Gil aparece em “Balanço Black” e Jorge Mautner em “Natural Collie” (música de Freddie McGregor), respectivamente.

Outros nomes importantes da MPB também entraram para o hall de duetos de Ivete Sangalo mais tarde, como Roberto Carlos em uma versão de “Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim”, Seu Jorge em “Pensando em Nós Dois”, Maria Bethânia em “Muito Obrigada Axé”, Lulu Santos em “Brumário” e Marcelo Camelo em “Seus Olhos”.

Entretanto não foram só os brasileiros que que dividiram o microfone com Ivete ao longo dos anos. A cantora baiana caiu nas graças de uma série de artistas estrangeiros, que em alguns casos chegaram a participar de seus DVDs. O “feat” com o americano Brian McKnight “Back At One” foi um dos maiores sucesso do ano de 2001 e entrou para o álbum “Festa”.

Quem poderia esquecer também da ousadia de Ivete de gravar um DVD no lendário Madison Square Garden, em Nova Iorque, projeto de 2010 que lhe rendeu mais três parcerias internacionais: Nelly Furtado, Juanes e Diego Torres. O cantor espanhol Alejandro Sanz também é um grande parceiro musical de Ivete e gravou três parcerias com ela, sendo a última delas “Quisiera Ser” no “Live Experience” de 2019, mesmo projeto em que também está Sebastian Yatra na faixa “Cheguei Pra Te Amar”.

Feats Com a Nova Geração

Na última semana recebemos de Ivete Sangalo duas novas parcerias, “Me Liga” com Jão e “Na Janela” com Vitão, que ganharam performance virtual na live do domingo de Dia das Mães. Ivete sempre se mostrou muito interessada no novo, sempre foi respeitosa com jovens artistas e essas duas parcerias só se somaram a uma lista que já tá ficando longa.

Antes dos cantores, Ivete gravou com Ludmilla, em fevereiro, “Pulando Na Pipoca”, e apareceu também no “111”, novo álbum de Pabllo Vittar, na faixa “Lovezinho”. Em janeiro, Ivete foi a convidada de Silva em “Pra Vida Inteira”. Outras duas colaborações importantes com artistas da nova geração foram lançadas em 2018, “Corda Bamba” com IZA, que entrou para o disco de estreia da cantora carioca, e “Um Sinal” com o trio Melim.

Todos os Gêneros

Ivete Sangalo cantando um rock? Temos. Ivete Sangalo cantando reggae? Temos também. Dentre as dezenas de parcerias de Ivete, algumas mais inusitadas chamam atenção. Ela foi uma das convidadas do DVD acústico da banda brasiliense Raimundos, onde cantou junto com o vocalista Digão “Baculejo” e “A Mais Pedida”, dois dos maiores sucessos do grupo de rock.

Já com Alexandre Carlo, do Natiruts, Ivete cantou o clássico de Bob Marley “Could You Be Loved” em seu DVD comemorativo de 20 anos de carreira de 2014 e um ano mais tarde, a cantora participou do DVD do Natiruts em Salvador onde cantou “Natiruts Reggae Power”.

Em seu projeto “Acústico em Trancoso” o reggae apareceu mais duas vezes, uma parceria com Helinho, vocalista da banda Ponto de Equilíbrio, na faixa “Estar Com Você” e uma parceria com Vitin, do grupo Onze:20, na faixa “Perto de Mim”.

Um flerte com o sertanejo também aconteceu em Trancoso na parceria “Zero a Dez” com Luan Santana, mas essa é apenas uma das três colaborações dessa dupla que também já gravou “Química do Amor” e “Estaca Zero”. Marília Mendonça, rainha do sertanejo, gravou com Ivete no “Live Experience” a música O Nosso Amor Venceu”, assim como Ferrugem trouxe o pagode neste mesmo DVD na faixa “Grão de Areia”. O funk carioca apareceu no DVD gravado no Maracanã, é claro, em uma colaboração com Buchecha!

Parcerias de Axé Music

Engana-se quem pensa que, após alcançar o status de super estrela que tem, Ivete Sangalo deixou para trás suas raízes. Mesmo depois de grandes conquistas, como o DVD nos Estados Unidos e o DVD no Maracanã, e de flertar com inúmeros artistas bem diferentes do estilo musical que lhe catapultou para o estrelato nacional e internacional, ela sempre fez questão de se identificar como cantora de axé music. Outros artistas do gênero musical original da Bahia também foram lembrados quando o assunto é colaboração.

Bell Marques, Durval Lelys, Carlinhos Brown, Luiz Caldas, Sarajane, Harmonia do Samba e Psirico são nomes que aparecem entre suas parcerias, assim como Léo Santana, Claudia Leitte e Tom Kray, estes em colaborações mais recentes. “Mainha Gosta Assim”, com Léo, e “Lambada (Corpo Molinho)”, com Claudinha, entraram para o repertório do projeto “Live Experience”, já “Não Me Olha Assim”, com Kray, entrou em um dos últimos lançamentos de Ivete, o EP “O Mundo Vai” que saiu em janeiro deste ano.

Saulo, entretanto, talvez seja o artista da axé music que mais vezes cantou ao lado de Ivete; entre as colaborações estão “Não Precisa Mudar” do DVD “Ao Vivo no Maracanã”, “Cruisin” no DVD “Ivete Sangalo 20 Anos” e “Vale Mais” no “Pode Entrar”.

Álbuns em Parceria

Não satisfeita em fazer dezenas de parcerias de sucesso, Ivete Sangalo também tem em seu catálogo álbuns de parcerias. Em 2008 ela e Saulo embarcaram no projeto infantil “A Casa Amarela”, que chegou a ser indicado ao Grammy Latino na categoria de “Melhor Álbum Infantil”.

Três anos depois, a cantora lançou um álbum ao vivo em parceria com ninguém menos do que Gilberto Gil e Caetano Veloso, o “Ivete, Gil e Caetano”, que traz músicas dos três artistas. Em 2015 Ivete e Criolo se juntaram em um álbum tributo a Tim Maia, o “Viva Tim Maia!”, que reuniu versões dos maiores sucessos de Tim, como “Não Quero Dinheiro”, “Primavera” e “Chocolate”.

Escrito por Mari Pacheco

Katy Perry faz primeira performance de “Daisies”

Ivete Sangalo estreia clipe com Jão para “Me Liga”