Instituto Alok e Feira Preta abrem a Casa PretaHub na Bahia
Alok e Adriana Barbosa, Fundadora da Feira Preta. Foto: Mila Pretrilio (Alok)/Divuvlgação
in ,

Instituto Alok e Feira Preta abrem a Casa Pretahub na Bahia

Com foco no empreendedorismo local, a Casa Pretahub objetiva contribuir para a mobilidade social, cultural e econômica

Instituto Alok e Feira Preta abrem a Casa Pretahub na Bahia. Após inaugurar a iniciativa em São Paulo, em setembro de 2020, a parceria chega à cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano. Localizada na Rua 25 de junho, 04, no centro de Cachoeira, o espaço segue a estrutura da unidade paulista, com foco em transformação digital de negócios criados por empreendedores negros e conta com fortalecimento do Instituto Alok.

A ideia da iniciativa é contribuir para a mobilidade social, cultural e econômica a partir da geração  de oportunidade de trabalho, renda e empreendedorismo da população preta.

Instituto Alok e Feira Preta abrem a Casa PretaHub na Bahia
Foto: Casa Pretahub no Recôncavo Baiano/Divulgação

Com 800 m², a Casa Pretahub baiana possui: estúdio de foto e vídeo feito em parceria com o Facebook e o estúdio de áudio, em construção para gravação de música e podcasts, feitos em parceria com o Instituto Alok. Na iniciativa, também há: cozinha compartilhada, biblioteca, área de exposições e loja colaborativa apresentada pelo Mercado Livre com café e salas para workshops e ambientes que podem ser ocupados por profissionais autônomos e empresas.

Leia Mais:

A Casa Pretahub se apresenta como um espaço inovador e único na América Latina, é a casa de todos os criativos, inventores, empreendedores, artistas — ou qualquer um que queira trabalhar em um ambiente estimulante e criativo.  É um espaço para produzir conteúdo para o digital, co-criar e desenvolver seus negócios, promovendo um ecossistema diverso de economia colaborativa pautada nos temas de afro empreendedorismo e cultura afro diaspórica”, diz Adriana Barbosa, CEO e Fundadora da Pretahub e Feira Preta.

A grande novidade do projeto encabeçado por Adriana Barbosa, fundadora da Feira Preta, maior evento de cultura negra da América Latina, é o espaço para hospedagem. O casarão possui seis quartos prontos para receber artistas, criativos e inventivos para a experiência de residência artística de todo o Brasil.

Escrito por Láisa Naiane

Ivete Sangalo recebe Duda Beat e Jão no “Música Boa Ao Vivo”

Jeongyeon se afasta do TWICE pela 2ª vez em menos de um ano