Instagram Reels deixa de promover vídeos com marca d'água do TikTok
Foto: Divulgação/mLabs
in

Instagram deixa de promover vídeos do TikTok em sua plataforma Reels; entenda

A plataforma anunciou algumas mudanças em seu algoritmo e como recomendará o Reels aos usuários

O Instagram está se posicionando contra os vídeos da TikTok que são publicados em sua plataforma Reels. A rede social não promoverá mais vídeos com a marca d’água TikTok em seu feed “Explorar”.

A mídia social geralmente incentiva a reciclagem de postagens em várias plataformas. Mas o Instagram quer impedir que os vídeos do TikTok apareçam em seu serviço. O Instagram anunciou algumas mudanças em seu algoritmo e como recomendará o Reels aos usuários, de acordo com o Digital Music News.

A rede social diz que as novas mudanças nas práticas recomendadas existem para dar aos criadores orientação sobre como fazer conteúdo com “maior probabilidade de ser promovido”. O Guidance agora sugere que os criadores devem fazer os Reels como vídeos verticais e iniciar tendências que podem se tornar virais.

A TikTok já criou várias tendências virais, incluindo o viral do Fleetwood Mac, e até mesmo uma re-imaginação ao estilo da Broadway do filme de animação da Pixar, Ratatouille. O Instagram quer um pedaço dessa performance e popularidade de forma autêntica, como um aspecto característico da plataforma. Todos os Reels que apresentam muito texto, estão borrados ou têm uma marca d’água ou logotipo não serão exibidos no feed Explorar com tanta frequência.

“Estamos aprimorando o que aprendemos com o Explorar para recomendar vídeos divertidos e divertidos em lugares como a guia Momentos e personalizar a experiência”, disse um porta-voz do Instagram ao The Verge. “Estamos melhorando o uso de sinais de classificação que nos ajudam a prever se as pessoas acharão um rolo divertido e se devemos recomendá-lo”, diz.

O Instagram diz que seus usuários não gostam de ver “conteúdo reciclado com uma marca d’água TikTok”. Esse conteúdo perderá a ênfase de aparecer nos feeds de outras pessoas, a menos que sigam o autor da postagem original. Após o lançamento no Brasil em novembro de 2019, a ferramenta está disponível nos Estados Unidos há seis meses, então o Instagram reuniu muitos dados.

Head do Instagram admite que ainda não está feliz com o Reels

O Instagram quer que os Reels sejam o principal lugar para enviar vídeos curtos, não uma alternativa. Essas diretrizes forçarão as pessoas a criar o mesmo vídeo em dois lugares se mantiverem contas no Instagram e TikTok. Os criadores podem até ter que priorizar o serviço de mídia social que desejam usar.

O crescimento do usuário do TikTok pode continuar inabalável sem enfrentar quaisquer restrições do governo dos EUA. A administração Biden sinalizou que ainda está conduzindo revisões de segurança nacional, mas não forçará o acordo TikTok Global no centro das ordens executivas da administração Trump da TikTok.

Com 6 meses de lançado, o Reels do Instagram ainda não emplacou nem com público e nem para Adam Mosseri, o head da plataforma. De acordo com a matéria publicada pelo The Verge, o executivo declarou que ainda não está feliz com o recurso que nasceu para concorrer com o TikTok, saiba mais detalhes clicando aqui.

Escrito por Láisa Naiane

O rapper Soulja Boy afirma ter sido o primeiro artista a “viralizar” na web

Pocah chora no "BBB 21: "sou fofoqueira, descobri aqui"

Pocah chora no “BBB 21: “sou fofoqueira, descobri aqui”