Foto: Divulgação
in ,

Hip-hop e R&B se posicionam como os gêneros mais ouvidos dos EUA em 2020; veja ranking e artistas

Juntos, os dois gêneros, representam quase um terço do total de reproduções no país

Quase um terço (28,2%) do total de reproduções nos Estados Unidos no ano passado foram de faixas gravadas por artistas de R&B e hip-hop. De acordo com as estatísticas do monitor da indústria MRC Data em parceria com a Billboard, em termos de streams de áudio, R&B/hip-hop representou 30,7% de todas as reproduções on-demand – ou seja, de plataformas como Spotify, Deezer, Apple Music

Já entre os streams de vídeo on-demand – como Netflix, Amazon Prime e Youtube, os gêneros registraram 33,9%, disparados na frente de todos os outros, com mais de 20% de distância do segundo colocado. Somando áudio e vídeo, o acumulado foi de 31,1% do total de reproduções.

No ranking geral, os gêneros ocupam a primeira colocação, seguidos do Rock e do Pop, com 19,4% e 12,9%, respectivamente.

Confira o gráfico do volume geral de reproduções por gênero nos EUA:

Foto: Reprodução/MRC

O relatório do MRC ainda mostra que o volume total de streaming de áudio on-demand nos Estados Unidos cresceu 126,7 bilhões de reproduções em 2020, em comparação com o ano anterior – um aumento de 17% ao ano.

Artistas em destaque

A faixa mais popular nas plataformas de streaming de áudio e vídeo on-demand foi “The Box” de Roddy Ricch, que acumulou 920,4 milhões de reproduções de áudio on-demand e 399,2 milhões de reproduções de vídeo on-demand em 2020. Assista o clipe da música:

O sucesso viral do rapper se tornou a segunda música não natalina no topo da lista das 100 melhores em 2020. O aumento da popularidade da música se deu por causa do TikTok, rede em que a música se tornou viral entre os usuários. A faixa terminou 2020 como a música mais consumida, com 1,3 bilhão de streams on-demand e 1,7 bilhão de público impressões no rádio.

A segunda faixa de streaming de áudio mais popular dos Estados Unidos do ano foi The Weeknd (o nosso artista do mês no Popline) with “Blinding Lights” (691,5 m), seguida por DaBaby com Roddy Ricch com Rockstar (674,0 m).

O segundo gênero mais popular nos Estados Unidos em 2020 foi o Rock, que, curiosamente, foi impulsionado por artistas consagrados: o maior álbum de rock do ano em termos equivalentes a álbum (incluindo dados de streaming) foi “Queen’s Greatest Hits”, seguido pelo compilado de sucessos do Elton John, “Diamonds” .

Venda de Álbuns

Os números registrados significam que o aumento da participação global da categoria R&B/hip-hop levou a um aumento também nas vendas físicas, digitais e streaming, desses artistas. Em 2020, de acordo com o MRC Data os gêneros tiveram uma participação de 28,2% do consumo total equivalente ao álbum, sendo superior aos dados registrados de 2019 (27,4%) e 2018 (25,6%).

Escrito por Rafa Ventura

Little Mix na quarentena

Perrie Edwards assume desânimo com novo lockdown no Reino Unido: “me sentindo uma idiota”

Anitta aceita ser empresária de Melody: “quando fizer 17 anos”